Leilão do 5G deve favorecer grandes operadoras

Paulo Amaral
null
1

Crédito: Mika Baumeister/ Unsplash

A Anatel deverá anunciar, na próxima semana, novidades em relação às discussões sobre o leilão do 5G, setor que deve movimentar mais de R$ 20 bilhões em arrecadações e investimentos no Brasil.

O texto original sofreu uma série de alterações e, segundo apurou o Estadão/Broadcast, deverá privilegiar agora as grandes operadoras e praticamente zerar as chances das pequenas teles terem sucesso no edital.

A nova proposta, de autoria do conselheiro Emmanoel Campelo, deve dividir a frequência do 3,5 GHz em três blocos nacionais, o que favoreceria as grandes teles. A principal polêmica da primeira versão, sugerida pelo conselheiro Vicente Aquino, era justamente a reserva de um bloco de 50 MHz, dividido em 14 regiões, exclusivamente para pequenas operadoras e novos entrantes.

Pequenas operadoras

A posição de Campelo, no entanto, sugere o retorno da posição inicial. Segundo ele, não há qualquer intenção de beneficiar as grandes operadoras. O conselheiro emitiu nota oficial dizendo que a afirmação é “inverídica e especulativa”, reforçando que o conteúdo do seu voto só estará público na quinta-feira (12).

O presidente da Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas (Telcomp), João Moura, diz que a proposta de Vicente Aquino (a original) possibilita o aumento de participação das pequenas operadoras e garante, no futuro, a entrada de outras companhias.

“Temos que considerar as mudanças profundas a longo prazo. Não podemos pensar no leilão olhando pelo retrovisor, com elementos do passado”.

Novo adiamento?

O assunto envolvendo o leilão do 5G é alvo da guerra tecnológica entre China e Estados Unidos, que defendem abertamente Huawei e Nokia, respectivamente, e foi paralisado em outubro pela Anatel porque um dos conselheiros pediu vista (adiamento para pensar melhor).

Se houver um novo pedido de adiamento na diretoria da agência, que se mostra dividida sobre o edital, o leilão, que atualmente está previsto para acontecer somente no final de 2020, seria novamente empurrado, agora para meados de 2021.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

 

 

Sua carteira de investimentos está preparada para aproveitar a retomada de crescimento do Brasil? Essa pode ser a oportunidade da sua vida!

Deixe seus dados abaixo e nossa equipe entrará em contato para lhe ajudar.

Ou se preferir, ligue direto para 4007-2374.