InvestimentosTesouro Direto

É uma boa hora para especular no Tesouro Direto?

Neste artigo, chamamos a atenção para o momento oportuno no Tesouro Direto, mais especificamente no Tesouro Prefixado.

Para quem me acompanha há algum tempo, já não é mais novidade que os títulos do tesouro (Prefixados e IPCA+) são afetados pelo fenômeno da “marcação à mercado”, que faz os preços dos títulos oscilarem loucamente em períodos de estresse econômico.

Há algum tempo também, venho alertando que é nos momentos de estresse econômico que temos as melhores oportunidades de comprar ativos de risco. E é na calmaria econômica que deveríamos nos desfazer deles, a bons preços.

Observem o movimento do dólar nos últimos meses:

Denis1 - É uma boa hora para especular no Tesouro Direto?
Cotação do dólar comercial em 28/08/2018

Observem como o dólar saiu de R$ 3,30 em março/2018 e, seis meses depois, está em R$ 4,14, alta expressiva de 25%.

E, a alta no dólar, fez com que os preços dos tesouros prefixados disparassem.

Observe a cotação do DI 2029:

Denis2 - É uma boa hora para especular no Tesouro Direto?
Gráfico semanal (DI1F29)

O DI 2029 está cotado nesse momento a 12,60% ao ano, alta expressiva de quase 3 pontos percentuais de março/2018 até hoje. Graficamente, o DI está fazendo um topo duplo, ao encontrar uma resistência (linha azul).

Bom, hoje, estamos vivenciando uma espécie de estresse econômico, com a deterioração do preço do dólar, frente à moeda nacional. Esse aumento do pessimismo em relação ao Brasil é causado:

  • Pelo temor mundial com os países emergentes, em função da “crise da Turquia”;
  • Pela incerteza política, que naturalmente aumenta o risco e faz diminuir o preço dos ativos,
  • Pelo enorme buraco que nos encontramos no que tange ao déficit público.

À exceção da crise da Turquia, os outros dois fatores não eram novidade para ninguém, certo? Não foram nesses 6 meses que as incertezas políticas aumentaram e também não foram nesses 6 meses que o déficit público virou novidade. Mas, logicamente, que tudo isso afeta o preço do dólar.

Então, o que de fato mudou?

O que mudou foi a PERCEPÇÃO sobre o futuro e, muitas vezes, a percepção fica bem descolada da realidade. E é aí que podemos ganhar dinheiro!

Denis3 - É uma boa hora para especular no Tesouro Direto?

O impacto do dólar

Voltemos ao assunto do artigo: o momento de especular com os tesouros prefixados.

Qual é o impacto do dólar nisso tudo?

O dólar impacta na inflação. Quando o dólar aumenta, há um aumento na expectativa de inflação futura. Isso ocorre porque muitos componentes industriais, desde matérias primas, tecnologias, bens de capital, etc são importados. Com o aumento do dólar, esses componentes se tornam mais caros para o público brasileiro, fazendo com que os preços da economia subam de maneira generalizada em uma espécie de efeito cascata.

Denis4 300x251 - É uma boa hora para especular no Tesouro Direto?

Como é precificado um Prefixado?

Para detalhes da precificação de um prefixado, leia este artigo. No artigo de março, eu escrevi que era hora de vender seus prefixados. Vejam que interessante: agora, estou dizendo que é hora de comprar!

Relembrando um pouco: o título prefixado é uma função do juro nominal, e o juro nominal pode ser assim denotado:

JURO NOMINAL = JURO REAL + INFLAÇÃO

Para a gente ganhar dinheiro, é necessário comprar juro nominal FUTURO. Então, na fórmula acima, quando eu falo de juro real ou inflação na verdade estou falando de “expectativa de juro real e inflação, na data de vencimento do título”. Ou seja, não estamos aqui falando de juro real de HOJE e de inflação de HOJE; e sim, de juro real e inflação do FUTURO.

Agora, vamos analisar o preço de uma NTN-F 2029 (tesouro prefixado 2029). No momento que escrevo (28/08/2018, 17h) esse título está cotado no site do tesouro com a taxa de 12,01% aa.

Nesse mesmo momento, podemos identificar o juro real na ntnb 2026 como 5,5% aa e na ntnb 2035 como 5,63% aa. Logo, podemos supor que a expectativa de juro real para 2029 é mais ou menos a média aritmética dos dois, algo em torno de 5,56%, certo?

Então, qual é a inflação projetada para 2029 nesse caso?

JURO NOMINAL = JURO REAL + INFLAÇÃO

12,01 = 5,56 + INFLAÇÃO

INFLAÇÃO = 12,01 – 5,56 = 6,45% ao ano.

O que o cálculo quer dizer?

Quer dizer que a inflação média esperada para os próximos 10 anos (até 2029) é de 6,45% ao ano.

Bom, vamos analisar as taxas de rentabilidade da NTN-F 2029 ao longo de uns meses; a expectativa de juros reais para 2029 (média aritmética dos juros reais da B26 e da B35); e a inflação média esperada para 2029 (esse gráfico foi obtido ao subtrair a rentabilidade da NTNF, das taxas de juros reais de B26 e B35):

Tesouro Prefixado 2029 (NTN-F), rentabilidades:

Denis5 - É uma boa hora para especular no Tesouro Direto?

Expectativa de juros reais 2029:

Denis6 - É uma boa hora para especular no Tesouro Direto?

Inflação esperada 2029:

Denis7 - É uma boa hora para especular no Tesouro Direto?

Olhem que interessante: em março, esperava-se que a inflação média até 2029 seria entre 4,5 e 5% ao ano. Agora, a inflação média esperada até 2029 é de 6,5% a 7%, dois pontos percentuais acima.

E eu lhes pergunto: Por quê? O que mudou na nossa economia real de março até hoje?

Observando a REALIDADE, a meu ver, pouca coisa mudou. A economia continua em fase de início de ciclo, caminhando lentamente para sair da recessão econômica.

Agora, no campo das expectativas, muita coisa mudou. Veio a crise da Turquia, e veio um aumento nas intenções de voto em candidatos de esquerda, como o Haddad.

Então, bem no fim, temos que a EXPECTATIVA mudou, e a REALIDADE não mudou, ou pouco mudou. E é aí que entra a OPORTUNIDADE de capturar uma distorção das coisas.

Na verdade, pouco importa quanto vai ser a inflação de hoje até 2029; saber isso é impossível e não nos ajuda. O que importa é: será que em algum momento, nos próximos meses, que justifique a nossa aposta em tesouro prefixado, iremos viver algum momento em que a expectativa de inflação caia?

Essa é a pergunta a ser respondida e para mim, a resposta é SIM!

Uma pausa para o teste de perfil!

Descubra agora se você é um investidor conservador, moderado ou agressivo!

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

blog img tesouro planilha 1 1024x626 - É uma boa hora para especular no Tesouro Direto?

Como podemos ganhar com Prefixados?

O tesouro prefixado se valoriza (PU aumenta) se o juro nominal cair… Para isso acontecer, OU, os juros reais devem cair, OU, a inflação esperada deve cair, OU, ambos.

Para que os juros reais caiam, faz-se necessário que o risco país caia; e para isso acontecer, teremos que ver passar boas reformas no Congresso logo no início de 2019. (ou que haja a expectativa disso acontecer).

Para que a expectativa de inflação caia, o que é preciso acontecer?

OU, o dólar cair, OU, que as reformas passem, OU ambos.

Bem no fim, a compra de um tesouro prefixado é uma APOSTA em um cenário mais otimista em relação ao Brasil e eu, mesmo com grande nebulosidade em minha frente, consigo enxergar isso. À exceção do candidato do PT, os outros candidatos me parecem ser muito parecidos. Nenhum será “O Salvador” e nem “O Diabo”. A dificuldade de qualquer um que assumir será a mesma! A de realizar um forte ajuste fiscal e reformas estruturantes do Estado. E, da onde vem meu otimismo? Do fato simples que, depois de uma crise, vem uma recuperação… e também, me parece que o diagnóstico e a solução dos problemas do Brasil já estão em cima da mesa. Agora, é hora de negociar quem paga a conta, somente isso (risos).

E a justificativa para você comprar agora, pelo menos com uma parte do seu capital, é a de que o mercado está estressado e, provavelmente, de hoje até um futuro próximo, tenhamos menos incerteza e maior otimismo, de modo que a gente tenha uma boa saída (um bom preço) para o título prefixado comprado.

Concordam? Que acham?

Lembrando que, no Brasil, até o passado é incerto! Então, imagine o futuro! Diante disso, diversifique. Cada aposta deve ter o tamanho ideal, de modo que os erros não comprometam a rentabilidade da carteira a longo prazo.

Pés no chão, pessoal…

Mostrar mais

Denys Wiese

Denys Wiese, bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Estadual de Santa Catarina (ESAG-UDESC) iniciou suas atividades profissionais no mercado financeiro em 2009 como operador de bolsa de valores. Já atuou como operador, assessor, professor e escritor, sempre em atividades ligadas às finanças. Entre 2014 e 2017, atuou também com consultoria tributária. Hoje é sócio fundador do site EuQueroInvestir, assessor de Investimentos da XP Investimentos (pelo AAI Indice Investimentos). Atua no segmento de alta renda, no aconselhamento e assessoramento em investimentos no mercado financeiro.
Contato: [email protected]

Artigos Relacionados

Close