É hora de comprar dólar? Carry trade, diferencial de juros e afins…

Alexandre Viotto
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Divulgação

Alô, câmbio!!!  Vai subir ou vai cair? Aliás, espero para comprar dólar ou a nossa moeda ainda tem força para se valorizar ainda mais? Isso vai depender de um tal de carry trade basicamente…

Diferencial de Juros

Mas carry o que? Também conhecido como “custo de carrego”, seria nada menos do que o diferencial entre os juros de uma moeda para outra. Traduzindo, no caso do dólar, o gap entre o CDI e as taxas de Treasuries nos Estados Unidos.

E eu com isso?

Nada (em princípio). Agora, se você tem alguma preocupação com moeda estrangeira… A coisa já muda bastante.

Os investidores, hedgers e afins usam este artifício para alavancar as suas posições offshore. Na prática, um país com taxa de juros mais alta tende a atrair mais capital. E isto significa mais dólares no sistema…

Dólar: é preciso estar à frente da curva

O Comitê de Política Monetária (Copom), ao iniciar o aperto monetário há alguns meses, saiu na frente. E se antes (2020, especificamente) a Selic na casa de 2% deixava esta diferença inferior a 1,5% em alguns momentos, agora o jogo virou.

Quando olhamos a curva de janeiro de 2023, o DI já está em 7% contra uma Treasury de 0,125%. Ou seja, o Brasil ficou muito mais atrativo.

A principal “régua” da Economia

A taxa de juros é simplesmente a medida de valor no mercado financeiro. E quando este instrumento de medida está desregulado, toda a economia é afetada. Foi isso o que ocorreu nos últimos meses, com o real se desvalorizando muito além da média das outras moedas. Mas será que agora voltamos aos níveis pré-pandemia?

Dólar: piso a R$ 4,80

Posso estar muito errado, mas entendo que o piso para este movimento é dólar a R$ 4,80. Para chegarmos a descer ainda mais, entendo que dependeremos de outros fatores. Reformas caminhando, controle de contas, diminuição de riscos de novas ondas de pandemia etc. Ou seja, uma melhora razoável nos fundamentos…

Dólar tem janela de oportunidade

Se você está pensando em remeter recursos ao exterior, a hora é agora. Ah, mas pode cair mais… Pode sim. Porém, a janela pode se fechar antes mesmo de muita gente perceber. Aí já era…

Já dizia o provérbio milenar

Lembrando que, historicamente, as subidas tendem a ser mais agudas que as quedas. O famoso provérbio dita por um sábio a milênios atrás: dólar sempre sobe de elevador e desce de escada… Bons negócios!

Por Alexandre Viotto, head de câmbio e comércio exterior da  EQI Investimentos

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo.