Duratex (DTEX3) lucra 3,32 vezes mais no balanço do 1TRI21

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Duratex

A Duratex (DTEX3) reportou lucro líquido de R$ 172,69 milhões no balanço do primeiro trimestre (1TRI21). Os números refletem um lucro 3,32 vezes maior do que no mesmo período de 2020, com lucro de R$ 51,99 milhões.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo

“Este resultado foi influenciado pelos benefícios capturados nos projetos de eficiência, assim como o desempenho financeiro favorável, sobretudo devido à queda no patamar da taxa de juros e variação cambial”, ressaltou a companhia.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

Veja o balanço na íntegra

Duratex (DTEX3): principais números do balanço do 1TRI21

Lucro líquido

  • Lucro 1TRI21: R$ 172,69 milhões
  • Lucro 1TRI20: R$ 51,99 milhões

Ebitda

  • Ebitda 1TRI21: R$ 464,61 milhões
  • Ebitda 1TRI20: R$ 266,34 milhões
  • Ebitda ajustado 1TRI21: R$ 495,92 milhões
  • Ebitda ajustado 1TRI20: R$ 219,32 milhões

Receita

  • Receita 1TRI21: 1,76 bilhão
  • Receita 1TRI20: 1,16 bilhão

Receita sobe 52,2%

No balanço do 1TRI21, a Duratex (DTEX3) registrou uma receita de R$ 1,768 bilhão, alta de 52,2% sobre o mesmo período do ano passado.

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

Segundo a companhia, a manutenção dos altos níveis de demanda em todas as divisões, em especial na Divisão Madeira, e a estratégica política de aumento de preços, impulsionaram a receita líquida do 1TRI21.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

O lucro bruto atingiu R$ 606,43 milhões, apresentando uma alta de 56,2% sobre o 1TRI20.

Ebitda sobe 74,4%

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no balanço do 1TRI21 foi de R$ 464,61 milhões. No mesmo período do ano anterior o Ebitda registrou R$ 266,34 milhões.

A margem Ebitda passou de 22,9% no 1TRI20 para 26,3% um ano depois.

A companhia finalizou o período com Ebitda ajustado e Recorrente de R$ 495,9 milhões, 126,1% acima do realizado no 1T20 e 3,9% abaixo do resultado do trimestre imediatamente anterior.

De acordo com a Duratex (DTEX3) esse foi o maior nível histórico de Ebitda ajustado e Recorrente para um primeiro trimestre.

Resultado Financeiro

A Duratex (DTEX3) informou que no balanço do 1TRI21 o resultado financeiro foi negativo em R$ 19,6 milhões. Dessa forma, apresentou uma melhora de 54,7% se comparado ao 1TRI20 e de 28,4% frente ao 4TRI20.

“Este resultado reflete sobretudo ao mais baixo patamar histórico do CDI e ao impacto positivo da variação cambial sobre o Contas a Receber em moeda estrangeira da Companhia”, destacou a empresa

Endividamento

O endividamento bruto consolidado da Duratex (DTEX3) no fim de março de 2021 totalizou R$ 3,131 bilhões, equivalente a uma dívida líquida de R$ 1,86 bilhão.

O índice de alavancagem da companhia no balanço do 1TRI21 foi de 1,19x, apresentando manutenção dos patamares baixos.

O custo médio de financiamentos encerrou o período 3,3% a.a., enquanto o prazo médio de vencimento é de 2,6 anos.

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.