Drama, Tragédia e Ridículo!

“Como Michel Temer articulou sua absolvição no processo movido pela PGR”

Filipe Teixeira
Filipe Teixeira é redator do Portal EuQueroInvestir. Gremista, filho dos anos 80, apaixonado por filmes, música, política e economia.É também Coordenador da área de Marketing do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos.Me envie um e-mail: filipe.teixeira@euqueroinvestir.com Ou então uma mensagem por WhatsApp: (51) 98128-5585 Instagram: filipe_st

Maracanazo

Em 1950, o Brasil viveu um dos dias mais tristes de sua história, durante a final da Copa do Mundo de futebol, disputada entre Brasil x Uruguai. O evento ficou conhecido como Maracanazo e até hoje é lembrado como um dia de comoção nacional.

O Brasil perdeu por 2×1 diante de 200 mil pessoas que lotaram o estádio Maracanã.

A sociedade brasileira ficou em estado de choque, com o desfecho dessa copa. Muitos jornais pareciam não aceitar o fato de que a seleção tinha sido derrotada.

Alguns dos jogadores aposentaram-se, sendo que nenhum deles voltou a ser convocado. O goleiro Barbosa, que supostamente falhou ao levar o segundo gol, carregou até a morte o fardo da derrota.

“Apesar da alegria da vitória, olhando para a arquibancada vinha uma tristeza. As pessoas choravam desesperadas, sabe?, disse Ghiggia o carrasco uruguaio.

Agosto de 2017

No prenúncio de mais uma tragédia, o plenário da Câmara dos Deputados decide na quarta-feira (02/08), se acata ou não a denúncia oferecida pela Procuradoria Geral da República, que acusa o Presidente Michel Temer do crime de corrupção passiva.

Ao que parece, a única dúvida que paira sobre Brasília, diz respeito ao quórum (mínimo de 342 deputados para início da sessão). No mais, nem mesmo o opositor mais otimista cogita um parecer favorável à denúncia.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

O carrasco da vez é um habilidoso articulador, que não tem o menor pudor em jogar sujo e driblar a justiça. Nosso vilão desta vez, não fala espanhol!

Michel Temer não mede esforços para distribuir favores, cargos e emendas parlamentares, como folhas de um talão de cheques sem fim.

A moeda moral de Temer é o Suborno.

“Quem quer dinheiro?”

Veja o depoimento do Deputado Federal (e forte candidato a bobalhão do ano) Wladimir Costa sobre a reunião com Temer para discutir o “apoio” na votação da câmara.

Para garantir o “apoio” dos Tucanos, Temer também não poupou “esforços”.

Mas se você está preocupado com o custo que este “salve-me quem puder” pode causar nas já famigeradas contas públicas, o Ministro Henrique Meirelles deu um importante alento:

Você não leu mal não. O ministro cogitou um aumento de impostos para o cumprimento da meta fiscal de 2017, que acreditem, já prevê um déficit de R$139 BI.

Meirelles podia começar a diminuir sua cota de viagens particulares com uso de jatinhos da FAB (só esse ano, foram 27) e encorajar seus demais colegas a fazerem o mesmo.

“É sempre carnaval no Brasil…”

Talvez a notícia que mais simbolize este escárnio com os recursos federais tenha sido anunciada durante a posse do novo Ministro da Cultura, na semana passada:

Financiar escolas de samba (que faturam alto com cotas de TV, venda de ingressos e dinheiro sujo do jogo do bicho) em um estado em ruínas como o Rio de Janeiro, é apenas mais um exemplo do descolamento da realidade do governo Temer.

Pensando bem, o deboche parece mesmo não ter limites (olha o nosso bobalhão aí novamente)

Se existe algum alento diante deste cenário Dantesco, é o de que a votação é aberta. Os protagonistas desta pataquada, assim como a seleção de 50, devem ser banidos de uma vez por todas a partir de 2018.

Se outrora o palco da tragédia contou com um público de 200 mil espectadores, desta vez o espetáculo será assistido por 14 milhões de desempregados.

Diante do que está por vir, o Maracanazo terá a relevância histórica de um almoço de domingo com a sogra.

[banner id=”05.01″]

[banner id=”03.02″]
[formulario-contato id=”80 – A VERDADE SOBRE O FGC Form-C-Final”]