Dotz estuda IPO só para investidores qualificados; presidente do Next não descarta IPO no futuro

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Dotz, empresa de tecnologia de programa de fidelidade, está estudando alternativas para levar adiante sua oferta inicial de ações na bolsa, suspensa na semana passada. Segundo a coluna Broadcast do Estadão, uma solução está sendo negociada com as gestoras Ant Capital, Velt e Farallon, que ancoravam a oferta. Uma opção é que ela seja restrita a investidores qualificados.

Bradesco (BBDC4): presidente do Next não descarta IPO

O Next, banco digital que iniciou um processo de separação do Bradesco com a criação do cargo de presidente em março, pode vir a fazer uma oferta inicial de ações na bolsa no futuro. É o que afirma o presidente da empresa, Renato Ejnisman.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Em entrevista ao jornal O Globo, ele não descartou a abertura de capital. “O Next vai ter sua vida própria e, no futuro, será possível avaliar se há espaço para um IPO ou ter um sócio”, disse.

Minerva (BEEF3) lidera aportes na Shopper

A Minerva (BEEF3) e o fundo Quartz, de ex-CEO da Renner, lideraram os aportes de R$ 120 milhões na Shopper, startup de compras online de supermercados, segundo o portal NeoFeed.

Amazon (AMZO34) negocia compra do estúdio MGM

Segundo a Bloomberg, a Amazon, do bilionário Jeff Bezos, está negociando a compra do estúdio Metro-Goldwyn-Mayer (MGM).
AT&T e Discovery também anunciaram recentemente que vão se unir em uma nova empresa.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo