Dólar sobe 0,65% nesta terça-feira após abrir semana em queda

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Freepik

Um dia após encerrar o dia em queda, o dólar ganhou novo fôlego nesta terça-feira (14). A moeda norte-americana encerrou o dia com elevação de 0,65%. Com isso, encerrou o pregão vendida a R$ 5,2573.

Ao longo do dia, a divisa oscilou entre a mínima de R$ 5,1996 e a máxima de R$ 5,2638. Registrando assim, um dia de oscilações.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

O comportamento da moeda refletiu a piora da disposição de investidores internacionais por riscos. Além disso, dúvidas sobre a retomada global da economia também pesou.

Dólar: inflação nos EUA perde força em agosto

No cenário econômico dos Estados Unidos, o Departamento do Trabalho reportou que a inflação perdeu força em agosto. Esta ficou em 0,3% contra 0,5% no mês anterior.

Isso indica pressão menor por uma futura alta dos juros do mercado norte-americano.

Semana começa em queda

A moeda norte-americana fechou o pregão de segunda-feira (13) com retração de 0,83%. Com isto, encerrou o dia vendido a R$ 5,2236.

Na mínima, o dólar chegou a registrar R$ 5,2015 e, na máxima, R$ 5,2411.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3