Dólar fecha em alta de 0,27% nesta terça-feira

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

Crédito: Reprodução / Pixabay

O dólar fechou em alta de 0,27%, cotado a R$ 5,6087, nesta terça-feira (23). A moeda oscilou entre a máxima de R$ 5,6632 e a mínima de R$ 5,5976.

A alta foi influenciada pela perspectiva de aumento dos juros nos EUA e os riscos domésticos, que envolvem a inflação e a aposta de que o Copom pode acelerar o ritmo de elevação da Selic em dezembro, e as aventuras eleitorais, que comprometem o arcabouço fiscal.

Cenário

Seguem as indefinições quanto à PEC dos Precatórios, que deve abrir uma brecha de R$ 106 bilhões no orçamento de 2022, graças ao avanço das perspectivas de inflação.

A aprovação da emenda, que prevê adiamento de pagamento de dívidas do governo e novo cálculo para o reajuste do teto de gastos, é considerada necessária para viabilizar o Auxílio Brasil de R$ 400.

Ainda sobre este tema, o Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria ontem (22) para permitir a ampliação do programa social sem conflito com a lei eleitoral – que impediria aumentos desta natureza a partir de 1 de janeiro.

descontrole dos gastos públicos preocupa, assim como a inflação.

O Focus de ontem trouxe estimativa para o IPCA de 10,12% até dezembro, muito além do teto da meta. Para 2022, o IPCA já é estimado em 4,96% pelo mercado – e vale lembrar que, para o ano que vem, o teto da meta de inflação é de 5%.

* Com BDM Online