Dólar fecha em baixa de 0,19% nesta quinta-feira

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

O dólar fechou em queda de 0,19%, cotado a R$ 5,6600, nesta quinta-feira (02). A moeda oscilou entre a máxima de R$ 5,6787 e a mínima de R$ 5,6145.

A queda da moeda refletiu o alívio do mercado doméstico com a aprovação da PEC dos precatórios em dois turnos no Senado.

Alô Câmbio: inflação “menos temporária” que o esperado. Jura???

  • segunda-feira (29): +0,25% a R$ 5,60
  • terça-feira (30): +0,46% a R$ 5,63
  • quarta-feira (01): +0,63% a R$ 5,67
  • quinta-feira (02): -0,19% a R$ 5,66
  • semana: +1,15%

Cenário

O Senado aprovou, nesta quinta-feira (2), em dois turnos, a chamada PEC dos Precatórios. No primeiro turno, o placar foi de 64 votos favoráveis e 13 contrários, já em segundo turno foram 61 votos a favor e 10 contra.

Destaque também para o Produto Interno Bruto (PIB) do país, que recuou 0,1% no terceiro trimestre, na comparação com o trimestre anterior, de acordo com o IBGE. A projeção do BTG Pactual (BPAC11) era de recuo de 0,2%.

Os serviços, que respondem por mais de 70% do PIB,  tiveram alta de 1,1%. A indústria se manteve estável (0%). Mas a agropecuária recuou 8% – devido ao impacto do fim da colheita da soja, mais concentrada nos dois primeiros trimestres.

Outro indicador divulgado nesta quinta-feira (2) foi o Índice de Preços ao Consumidor da Fipe (IPC-Fipe), que mede a inflação em São Paulo. Ele subiu 0,72% em novembro, desacelerando em relação a outubro (quando foi de 1%). No ano, a alta é de 9,10%; e, em 12 meses, de 9,95%.

Fenabrave anunciou a venda de 173 mil veículos em novembro, o pior o mês em 16 anos. A venda de veículos novos recuou 23,1% contra igual período de 2020.