Dólar dispara a R$ 5,22; moeda americana avança frente à Libra e ao Euro

Omar Salles
null

Crédito: diariodopoder.com.br

O dólar disparou na tarde de hoje, poucas horas antes do fim da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que deve cortar a taxa básica de juros (Selic) no Brasil. Os juros futuros também dispararam.

A moeda americana, que ontem fechou pouco acima dos R$ 5, hoje avançou para R$ 5,22 no final da tarde. O dólar disparou frente às moedas de todos os países emergentes, não apenas ao Real.

O dólar avançou muito frente ao peso mexicano, o rand sul-africano, o yuane chinês, a lira turca e até ao dólar australiano.

Moedas fortes

A violenta alta da moeda dos Estados Unidos ocorreu até frente a moedas fortes, como a libra inglesa (esterlina) e o Euro.

A libra esterlina mergulhou -3,44% frente à moeda americana, em uma forte desvalorização não vista na moeda da Grã-Bretanha desde o começo da década de 1980.

O Euro também caiu hoje frente ao dólar, embora menos: -1,13%.

Analistas de câmbio dizem que o dólar tem este pico por causa da grande deterioração vista em outros ativos, como ações, títulos da dívida de países emergentes e preços de algumas matérias-primas como o petróleo.

Já o dólar, por ser garantido pelo Tesouro dos Estados Unidos, é uma classe de ativo que está mais protegida que as moedas de outros países.

O preço do petróleo hoje afundou mais de 10%, informa a CNBC.