DY: Aprenda o que é e como calcular o Dividend Yield

Natalia Gómez
Editora, é jornalista especializada no mercado de investimentos há 17 anos. Formada pela PUC-SP, teve experiências em veículos como Agência Estado, Valor Econômico e Revista Você SA; e na área de comunicação corporativa e relações públicas para instituições financeiras.

O Dividend Yield (DY) é um indicador importante para quem investe no mercado financeiro. Por isso, você deve saber o que ele significa e como é calculado. 

O que é DY

O Dividend Yield é uma das formas de medir o desempenho de uma empresa aberta. Em português, o nome seria Rendimento de Dividendos.

Para simplificar, ele mede o desempenho da empresa de acordo com os dividendos pagos aos seus acionistas. O DY mostra qual é a relação entre os dividendos distribuídos e o preço atual da ação.

Monitore completamente sua Carteira

Quanto maior for a distribuição de dividendos, mais elevado será o percentual de DY. Para quem quer comprar ações, um DY elevado é um ótimo sinal.

Estamos falando aqui de dividendos de empresas, mas vale dizer que o DY também pode ser usado para avaliar outros ativos que distribuem proventos. 

Um exemplo são os fundos de investimentos imobiliários. A diferença é que nos FII a distribuição de lucros costuma ser chamada de rendimentos, e sua distribuição geralmente é mensal. 

Baixe planilha que irá te ajudar a analisar Fundos Imobiliários.

Dividendos são uma parte do lucro

Antes de mais nada, é preciso entender que valorização do preço da ação não é a única forma de ganhar dinheiro no mercado acionário. 

Muitas pessoas ganham também com a distribuição periódica dos lucros, que é chamada de distribuição de dividendos. 

Este é o foco principalmente dos investidores de longo prazo, que ficam com o papel durante um tempo maior. Existem até pessoas que conseguem viver dos dividendos que recebem.

EQI, BTG Pactual Forpus Capital lançam novo fundo de ações

Para ter uma ideia, a maioria das empresas paga 25% do lucro do exercício como dividendo obrigatório. Os detalhes sobre a política de distribuição são descritos no Estatuto Social de cada companhia.

Vale destacar que a distribuição é feita de acordo com o número de ações que o investidor possui. Quanto maior a quantidade de ações, maior a parcela dos dividendos a ser recebida.

No entanto, vale lembrar que surpresas podem ocorrer. 

Faça você mesmo o rebalanceamento de sua carteira de investimentos

Por exemplo, quando uma crise muito grave ocorre – como a do coronavírus – as empresas podem revisar suas políticas para proteger seu caixa, suspendendo ou adiando o pagamento.

Como o DY é calculado

Apesar do nome ser complicado, o DY é fácil de calcular. 

Em primeiro lugar, você deve saber qual foi o valor dos dividendos pagos nos últimos 12 meses e também o preço atual de cada ação.

Modalidade de investimento de sucesso na Europa e EUA

Em seguida, você vai dividir o valor dos dividendos pagos por ação pelo valor unitário da ação, e multiplicar este resultado por 100. 

Agora vamos dar um exemplo fictício, para você compreender melhor.

Suponha que um investidor tenha ações da Vale, e que a empresa pagou R$ 1 de proventos por cada ação durante este ano.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

Imagine que o preço da ação fosse R$ 50. Neste exemplo, o DY seria de 20%.

R$ 1 dividido por R$ 50 = 0,02 x 100 = 2%

Isso significa que cada ação teve um retorno de 2% em dividendos da Vale neste intervalo de tempo. 

Como analisar os DY

Antes de comprar uma ação, é importante que o investidor observe qual é o DY, e escolha aquela que oferece valores mais altos.

No entanto, é importante destacar que alguns fatores podem distorcer o DY.

Por exemplo, quanto o preço da ação estiver muito depreciado. Neste caso, o DY pode parecer maior do que é. 

Em contrapartida, o pagamento de dividendos extraordinários também pode influenciar o DY.

Para não cometer enganos, o segredo é não usar a informação sobre o DY isoladamente, mas em conjunto com outros dados sobre a empresa. A rentabilidade e as margens também são fundamentais.

Onde posso conseguir os dados?

A melhor forma de obter informações sobre os dividendos distribuídos é na área de Relação com Investidores do site da companhia. 

Vale destacar que não existe um valor ideal para o DY de uma empresa. O que importa é ficar sempre atento aos indicadores da companhia. 

Em outras palavras, uma distribuição elevada nem sempre é um indicador de boa saúde financeira. 

Da mesma forma, distribuição reduzida nem sempre significa que há problemas com a empresa.