Discurso de Bolsonaro na ONU deverá colocar os pingos nos is

Filipe Teixeira
null
1

Crédito: Kevin Lamarque/Reuters

Bolsonaro discursa às 10:00h (horário de Brasília)

O presidente Jair Bolsonaro abrirá a Assembleia Geral da ONU hoje às 10:00h e ainda que não tenha “precificado” sua fala, o mercado certamente espera pelo tom conciliatório prometido pelo presidente na última semana.

Já os demais líderes mundiais, esperam mais: Além da postura condizente com o cargo que ocupa, querem ouvir do presidente brasileiro, o que tem sido feito no país e como o governo pretende combater as queimadas ilegais no tocante a questão da Amazônia.

É possível que o presidente encontre hostilidade em forma de protestos ou até mesmo manifestações de algumas delegações, o que talvez requeira uma dose extra de paciência, o que sabemos, não é o forte do nosso presidente.

O poeta gaúcho Jayme Caetano Braun certa vez escreveu: “O índio era um índio touro, mas até touro se ajoelha” e não encontrei nada mais adequando para a ocasião.

Minha aposta é de que corra tudo bem, dentro da normalidade.

Brexit e Trade War

Antes disso, a corte britânica anuncia se a suspensão do Parlamento, proposta por Boris Johnson, ocorreu dentro da legalidade, o que pode causar uma grande reviravolta no já confuso e polêmico Brexit.

Steven Mnuchin, Secretário do Tesouro Americano, prometeu uma nova rodada de negociações entre as delegações americanas e chinesas para os próximos 15 dias. Os futuros em NY se animam agora pela manhã, mas é bom lembrar que Donald Trump fala logo após o discurso de Bolsonaro e esperar que os dois se comportem, talvez seja pedir demais.

Fraqueza

A exemplo do ocorrido ontem, com a divulgação do PMI da zona do euro que mostrou seu pior nível desde 2013, no Japão, o mesmo dado aponta para a mesma direção: Um flerte perigoso com o terreno da contração econômica. O dado industrial é o pior dos últimos três anos.

Paulo Guedes

A votação da PEC da Previdência ficou para amanhã, enquanto o centrão segue fazendo barulho, pressionando pela liberação das emendas prometidas pelo governo.

É fato que os Senadores não gostaram do cerco da PF ao líder do governo no Senado, Fernando Bezerra e parecem não ter nenhum constrangimento em demonstrar sua insatisfação.

Paulo Guedes discursou ontem à noite em Belo Horizonte, prometendo o envio da proposta da Reforma Tributária do governo, para semana que vem. O ministro também citou o programa de privatizações de Salim Mattar, Secretário de Privatizações, que “virá com força no ano que vem”.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Por fim, pediu “um tempinho pra gente” e previu que após este primeiro ano de sacrifícios, a economia deve começar a mostrar sinais de reação no ano que vem.

“… no terceiro decola e no quarto, ganha velocidade de cruzeiro”, profetizou Guedes.

De fato, o diagnóstico do ministro nos parece preciso, assim como era nítido antes das eleições. Mas bem sabemos que a vontade política, especialmente no Brasil, custa um pouco mais do que isso.

Que Paulo Guedes e sua equipe, encontrem o caminho das pedras.

Acompanhe o mercado financeiro em tempo real: https://t.me/wisir

Sua carteira de investimentos está preparada para aproveitar a retomada de crescimento do Brasil? Essa pode ser a oportunidade da sua vida!

Deixe seus dados abaixo e nossa equipe entrará em contato para lhe ajudar.

Ou se preferir, ligue direto para 4007-2374.