Direcional (DIRR3): vendas líquidas crescem 41% no 4TRI20

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação Direcional

A construtora e incorporadora Direcional (DIRR3) registrou recorde de vendas líquidas no quarto trimestre de 2020. Foram vendidos R$ 523 milhões. Ou seja, um crescimento de 41% em comparação ao mesmo período de 2019. A prévia operacional foi divulgada nesta terça-feira (12) pela empresa.

As vendas líquidas cresceram 27% no acumulado do ano de 2020.

Os últimos meses de 2020 foram também o melhor trimestre de lançamentos da história da Direcional: R$ 697 milhões, crescimento de 26% sobre o 4T19 e de 21% em relação ao trimestre anterior. Este foi um recorde absoluto ao longo dos 40 anos da companhia.

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

Em 2020, os lançamentos atingiram R$ 1,8 bilhão. Ou seja, declínio de 9% em relação ao registrado no ano de 2019.

Os impactos gerados ao longo do ano pela pandemia do Covid-19, sobretudo no primeiro semestre, tais como a redução na velocidade de aprovações das licenças/alvarás por órgãos públicos em geral e prefeituras, contribuíram de maneira significativa no que se refere ao volume de lançamentos de empreendimentos.

“Ainda assim, enxergamos, ao longo dos meses que se sucederam, uma evolução gradual e contínua no ritmo dessas aprovações, culminando no melhor trimestre de lançamentos da Direcional”, diz a empresa.

Vendas líquidas Direcional 4TRI20

Geração de caixa da Direcional

A Direcional encerrou o 4T20 adicionando R$ 63 milhões em termos de geração de caixa. No ano de 2020, a geração de caixa totalizou R$ 146 milhões, consolidando o perfil gerador de caixa do negócio e o consistente track record dos últimos anos.

A velocidade de vendas líquidas do 4T20, medida pelo indicador VSO (Vendas Líquidas sobre Oferta), atingiu índice de 17% no consolidado. Já a VSO dos projetos da Direcional, excluindo o Legado, alcançou 18% no trimestre.

Assim, a empresa encerrou o 4T20 com 13.381unidades em estoque, totalizando VGV de R$ 2,5 bilhões.

No 4T20, foram adquiridos 12 terrenos com potencial de construção de 8,5 mil unidades e VGV de R$ 1,6 bilhão.