Direcional (DIRR3) segue outras empresas e faz lançamento virtual de novo empreendimento

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

Empresas do setor da construção civil tem apostado no lançamento virtual como forma de captar clientes. Com a crise do coronavírus e sem poder sair de casa, as pessoas poderão conhecer os novos empreendimentos a partir da tela do computador. A Direcional Engenharia (DIRR3), por exemplo, realiza neste sábado (18) seu primeiro lançamento virtual, de acordo com o Valor Econômico. Sites, contato dos corretores pelo WhatsApp e por telefone têm sido recursos usados para tentar fechar negócios neste cenário de coronavírus.

O projeto da Direcional Engenharia será desenvolvido em Novo Gama (GO). O Valor Geral de Vendas (VGV) é de R$ 38 milhões e o projeto se enquadra na faixa 1,5 do Minha Casa, Minha Vida. De acordo com o diretor nacional de incorporação e comercial da Direcional, Paulo Assis, a empresa pode adotar o lançamento virtual mais frequentemente. Mas será necessário avaliar a demanda para que a medida seja implementada mais consistentemente.

 

Perdeu a Money Week?
Todos os painéis estão disponíveis gratuitamente!

Outras empresas apostam em lançamento virtual

Mais empresas de construção civil também têm adotado o modelo de lançamento virtual de projetos. Exemplos disso são a CAC Engenharia, a MRV Engenharia (MRVE3), e a Vitacon.

A MRV Engenharia, por exemplo, que também atua no Minha Casa, Minha Vida, tem lançado projetos virtualmente nas últimas semanas. A empresa expandiu a atuação da plataforma de vendas digital, possibilitando ao cliente realizar a jornada de compra de um apartamento sem sair de casa. O comprador pode escolher o apartamento, fazer a simulação e envio da documentação para análise de crédito, negociação da proposta e assinatura do contrato digital.

Já a CAC Engenharia vai fazer o lançamento virtual de dois projetos em maio. O primeiro está previsto para 7 de maio, no Rio de Janeiro. No fim do mês, haverá outro em Contagem (MG).

No Rio, o projeto da CAC tem VGV de R$ 43,5 milhões. Ele será destinado às faixas 1,5 e 2 do Minha Casa, Minha Vida. O preço médio da unidade é de R$ 145 mil. O de contagem tem VGV de R$ 46,8 mi e preço médio de R$ 165 mil (faixa 2 do programa).

Há três semanas a Vitacon também fez um lançamento virtual. Foi um projeto de médio padrão, na avenida Paulista, com VGV de R$ 320 milhões. Mas há ainda dois outros projetos em fase de pré-lançamento que serão apresentados virtualmente.