Direcional (DIRR3) tem alta de 27% do lucro líquido e bate recorde de vendas

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).

Crédito: Divulgação Direcional

A Direcional (DIRR3) reportou um lucro líquido ajustado de R$ 33 milhões no terceiro trimestre de 2020. O valor é 27% maior do que o mesmo período de 2019.

No acumulado do ano, a empresa teve lucro líquido de R$ 76,9 milhões ante R$ 72,2 milhões do mesmo período do ano passado.

A empresa diz que, apesar dos cenários de pandemia, acredita ter conquistado resultados bastante positivos.

Perdeu a Money Week?
Todos os painéis estão disponíveis gratuitamente!

“O 3T20 teve início em um momento crítico da crise causada pela pandemia de Covid-19, com efeitos bastante adversos na economia. Contudo, no segmento de imóveis econômicos, pudemos acompanhar a continuidade do desempenho apresentado no segundo trimestre, com aumento da demanda e crescimento das vendas”, afirma a administração da Direcional.

Ebitda da Direcional aumenta

O lucro antes de juro, impostos, depreciação e amortização (Ebtida, na sigla em inglês) ajustado da Direcional foi de R$ 73,8 milhões no terceiro trimestre deste ano. O valor é 22% maior do que os R$ 60,5 milhões do mesmo período de 2019.

Já a margem Ebitda ajustada somou 19,7% no 3TRI20. O valor é 3 p.p. maior do que o mesmo trimestre do ano passado.

Receita líquida tem redução de 8%

A receita líquida da Direcional no 3T20 foi de R$ 376 milhões. Ou seja, redução de 8% em relação ao trimestre anterior.

Esse desempenho deveu-se, segundo a empresa, principalmente ao mix de vendas e estágio das obras em que essas vendas aconteceram.

Direcional tem recorde de vendas

Um dos principais destaques positivos do trimestre foi o novo recorde de vendas líquidas para um único trimestre. O VGV (Valor Geral de Vendas) foi de R$ 458 milhões, acompanhado pela melhora de VSO (Vendas Sobre Oferta) de estoque, que alcançou 22% na versão consolidada.

No ano, o VGV somou R$ 1,15 bilhão, 21,9% maior que os R$ 949,7 milhões do mesmo período de 2019.

Novos lançamentos

No terceiro trimestre, a Direcional lançou 10 novos empreendimentos/etapas que totalizaram VGV de R$ 574 milhões. Isso representou um crescimento de 64% em relação ao trimestre anterior e 32% quando comparado com 3T19.

Boa parte do volume de lançamentos concentrou-se no último mês do trimestre. Assim, seguindo o que já havia sido observado no 2T20, esse ritmo de aprovações vem melhorando mês após mês com a paulatina redução do isolamento social e a gradual retomada da atividade.

Resultados Direcional 3TRI20

 

 

 

 

 

Despesas e caixa

As despesas gerais e administrativas da Direcional somaram R$ 28 milhões no trimestre (6,8% da receita bruta, ante 7% no mesmo período do ano anterior).

O terceiro trimestre encerrou com uma geração de caixa de R$ 14 milhões. Acumulando assim R$ 117 milhões de geração de caixa nos últimos 12 meses. “O que deixa a companhia numa situação ainda mais confortável e com um dos menores índices de alavancagem (Dívida Líquida Ajustada4 /PL) do setor, de 1%”, diz a empresa.

Por fim, a posição de caixa atingiu R$ 1,1 bilhão. Ela foi reforçada com a emissão de debêntures liquidada em setembro de R$ 250 milhões com prazo de 5 anos.

Direcional faz recompra de ações

Também nesta segunda-feira, a Direcional comunicou ao mercado que vai recomprar 7,917 milhões de ações. Ou seja, 10% das ações em circulação no mercado.

O prazo para a realização da recompra é de um ano, a partir de 10 de novembro. A empresa usará os R$ 310,6 milhões de recursos disponíveis para fazer as aquisições.

Segundo a empresa, o programa de recompra tem por objetivo aplicar recursos disponíveis da companhia para maximizar a geração de valor para os acionistas, uma vez que, na visão da administração  da companhia, o valor atual das suas ações não reflete o valor real dos seus ativos e a perspectiva de rentabilidade e geração de resultados.

“As ações adquiridas serão mantidas em tesouraria, podendo ser posteriormente canceladas ou alienadas”, diz a empresa.

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.