Dimed escolhe bancos e pode realizar oferta de ações de até R$ 800 mi

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: Divulgação

A Dimed, da rede de farmácias Panvel, pretende realizar uma oferta de ações, equivalente a um re-IPO, que pode bater na casa de R$ 800 milhões.

Para tanto, o grupo, que tem sede em Eldorado do Sul, no Rio Grande do Sul, informou por meio de comunicado à Comissão de Valores Mobiliários, que escolheu três bancos para coordenar a possível oferta de ações.

“Bradesco BBI, Banco BTG Pactual e Banco Itaú BBA vão assessorar a captação de recursos, inclusive por meio da realização de oferta pública de distribuição de ações”, diz o comunicado.

A companhia faz parte de um grupo formado pela rede de farmácias Panvel, pelo laboratório Lifar e pela distribuidora Dimed.

No mesmo comunicado, a Dimed S.A. informou, no entanto, que até o momento “não definiu e nem aprovou a efetiva realização da potencial oferta”, que seria feita com esforços restritos de colocação.

Os benefícios de se ter um assessor de investimentos

Esclarecimentos da Dimed

Em outro comunicado, a Dimed prestou esclarecimentos para a CVM sobre as notícias do Brazil Journal dando conta da possível oferta de R$ 800 milhões em ações.

Cobrado pela Comissão de Valores Mobiliários, o grupo se defendeu, afirmando que “estão sendo realizados estudos e conduzidos trabalhos preparatórios para potencial captação de recursos por meio de uma oferta pública de ações”.


Planilha de ações: baixe e faça sua análise para investir