Dia negativo para os mercados

Guilherme Paulo
Colaborador do Torcedores

Crédito: U.S. President Donald Trump and China's President Xi Jinping shake hands before their bilateral meeting during the G20 leaders summit in Osaka, Japan, June 29, 2019. REUTERS/Kevin Lamarque/File Photo

Complicações do Brexit e informações contraditórias sobre a assinatura do acordo entre EUA e China contribuíram para a baixa de hoje.

Acompanhe o mercado financeiro em tempo integral: https://telegram.me/wisir

Mercado Europeu

Com exceção da bolsa de Paris, o mercado europeu fechou em queda, interrompendo uma série de 6 dias de ganhos, com investidores monitorando a situação política no Reino Unido e o Fed, cautelosos pela decisão da autoridade monetária americana.

A expectativa era de que o parlamento britânico definisse ainda hoje a data das novas eleições. O partido Laborista da oposição anunciou durante a manhã que apoia o plano de Johnson para antecipar a eleição. Tal apoio deveria garantir que Boris concretize o seu projeto.

No entanto, no final da tarde o parlamento britânico rejeitou novamente eleições gerais para o dia 9 de dezembro, mas aprovou pedido para eleição geral em 12 de dezembro.

Alemanha | DAX [-0,02%]

Londres | FTSE 100 [-0,34%]

França | CAC 40 [+0,17%]

Zona do euro | Euro Stoxx 50 [-0,10%]

Itália | FTSE MIB [-0,07%]

EUR/USD [+0,12%] | € 1,1111

GPB/USD [0,00%] | € 1,2862

Bolsas Norte-americanas

No início desta tarde, uma notícia vinculada pela mídia, tendo como fonte uma pessoa do governo americano, disse que o acordo entre EUA e China não deve ser assinado em cúpula do Chile. Mas o adiamento da assinatura não significaria fracasso das negociações.

Ainda segundo a fonte, as negociações avançam, mas a assinatura da fase 1 do acordo pode precisar de mais tempo. A notícia veio na contramão de uma notícia vinculada mais cedo, quando os mercados se animaram com a possibilidade do acordo ser assinado já no dia 17 de novembro.

Foram divulgados dois dados importantes hoje. A confiança do consumidor nos EUA atingiu leitura de 125,9 em setembro, diz o conference Board. A Expectativa era de 128. As vendas pendentes de moradias nos EUA tiveram variação de 1,50% em setembro, acima do consenso de 0,90%.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Dow Jones 30 [-0,07%] | 27.071 pontos

S&P 500 [-0,08%] | 3.036 pontos

Nasdaq [-0,59%] | 8.276 pontos

VIX [+0,69%] | 13,20 pontos

Commodities

A cotação do petróleo segue em baixa hoje, refletindo a cautela após a declaração da Opep em relação à produção.

O minério futuro recuou 1,74% a 622 iuanes. O minério de ferro fechou em baixa de 1,52% em Qingdao, a US$ 86,64 a tonelada.

A referência britânica de petróleo, o Brent para janeiro, encerrou em queda marginal de 0,03%, a US$ 61,23. A referência norte-americana, o WTI para dezembro, caiu 0,48%, a US$ 55,54.

O ouro encerrou em queda, em dia que investidores buscaram mais por ativos de risco, com a expectativa de queda dos juros amanhã na reunião do FOMC. O metal caiu 0,34%, a US$ 1.490,70 a onça-troy.

A bolsa brasileira

Dados do governo central lançados nesta tarde, mostraram que a dívida pública federal subiu 2% para R$ 4,155 trilhões em setembro. A fatia de estrangeiros atingiu 11,42%. A dívida mobiliária federal interna subiu 2,04%, para R$ 3,993 trilhões em setembro.

Na bolsa, o comportamento dos investidores estrangeiros permaneceu, ingressando com R$ 256 milhões na B3 no dia 25 de outubro. O saldo no ano ainda é negativo em R$ 30,433 bilhões. O pregão da sexta-feira (25), marcou o quinto pregão consecutivo de entradas do investidor estrangeiro.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, em publicação no Twitter, que o fundo de investimentos Mubadala, dos Emirados Árabes Unidos, vai ampliar os investimentos no Brasil. Citou portos, rodovias, mineração, imóveis e entretenimento como as áreas de interesse do grupo.

O Ibovespa encerrou em baixa de 0,58% com 107.556 pontos, tendo como máxima 108.195 pontos (+0,01%), e mínima 107.313 pontos (-0,81%). O volume financeiro desta sessão somou R$ 15,12 bilhões.

O dólar seguiu tendência contrária, cotado boa parte do dia em alta. A moeda norte americana encerrou com ganho de 0,19%, cotado a R$ 3,999, tendo mínima de R$ 3,984 (-0,17%), e máxima de R$ 4,006 (+0,37%).

O Ibovespa futuro encerrou em queda de 0,12%, menos acentuada do que o índice à vista.

  • Ações que lideraram as altas dentro do índice Ibovespa:
    MRV ON (MRVE3) R$ 18,05 | [3,03%]
    RaiaDrogasil (RADL3) R$ 109,40 | [2,24%]
    Gol  (GOLL4) R$ 38,26 | [2,03%]
    Cielo (CIEL3) R$ 7,94 | [1,66%]
    Usiminas (USIM5) R$ 7,37 | [1,52%]
  • Ações que lideraram as baixas dentro do índice Ibovespa:
    Magazine Luiza (MGLU3) R$ 41,15 | [-3,56%]
    Pão de Açúcar (PCAR4) R$ 81,90 | [-2,86%]
    Natura (NATU3) R$ 30,33 | [-2,79%]
    Multiplan (MULT3) R$ 28,18 | [-2,49%]
    Cogna (COGN3) R$ 9,54 | [-2,35%]
  • Ações mais negociadas dentro do índice Ibovespa:
    Petrobras PN (PETR4) R$ 29,82 | [+0,74%]
    Bradesco PN (BBDC4) R$ 36,50 | [-1,38%]
    Itaú Unibanco (ITUB4) R$ 36,64 | [-1,77%]
    Magazine Luiza (MGLU3) R$ 41,15 | [-3,56%]
    Banco do Brasil (BBAS3) R$ 48,66 | [-0,27%]

Acompanhe o mercado financeiro em tempo integral: https://telegram.me/wisir

Sua carteira de investimentos está preparada para aproveitar a retomada de crescimento do Brasil? Essa pode ser a oportunidade da sua vida!

Deixe seus dados abaixo e nossa equipe entrará em contato para lhe ajudar.

Ou se preferir, ligue direto para 4007-2374.