Lucro das empresas cresce 20% no 3TRI; veja mais notícias

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Os números fortes das companhias brasileiras ligadas aos setores de commodities e alimentos compensaram, de longe, o impacto da pandemia nos resultados do terceiro trimestre das empresas com ações negociadas na B3 (B3SA3).

De acordo com apuração feita pelo Valor a partir de balanços de 318 companhias não financeiras mostra que no terceiro trimestre o lucro líquido aumentou 20%, na comparação com igual período de 2019. O crescimento foi impulsionado pela receita, que subiu 11%, em ritmo mais acelerado que os custos, que elevaram 7,6%. Como resultado, o lucro operacional, medido antes do pagamento de juros e imposto de renda (além dos efeitos cambiais sobre as dívidas), teve crescimento de quase 30% no trimestre.

Guedes sugere ‘alternativas’ para o Amapá

O ministro da Economia, Paulo Guedes, apontou outros caminhos para socorrer os moradores do Amapá atingidos por um apagão nas últimas semanas. Guedes quer evitar a extensão do auxílio emergencial, conforme informou o Estadão.

Consulte os melhores diálogos e insights da Money Week.

Por isso, sugeriu opções que envolvem o pagamento do Benefício de Prestação Continuada, pensão ou benefício previdenciário, a antecipação do abono salarial e, por fim, o prolongamento do seguro-desemprego por até dois meses. As medidas teriam um custo de aproximadamente R$ 125 milhões.

PIB pode crescer até 4,5% em 2021, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que O Brasil pode crescer até 4,5% em no próximo ano. “Diziam que a economia ia cair 10%, vai cair menos de 5% [em 2020] e ano que vem vai crescer 3,5%”, afirmou ontem (19), durante congresso da Abrapp, associação que representa os fundos de pensão. Com informações do Valor.

Receita tem R$ 30 bi em imposto adiado a receber em 2020

A Receita Federal tem para receber nos últimos dois meses de 2020 a cifra de R$ 29,7 bilhões em impostos diferidos (pagamentos adiados) durante a pandemia de Covid-19, de acordo com dados do Ibre/FGV, segundo o Valor.

BDRs| Aprenda mais sobre essa classe de Ativos

No mês passado, a estimativa era de R$ 23,8 bilhões, no entanto o recolhimento aparentemente ficou abaixo disso, conforme o pesquisador Matheus Rosa Ribeiro.

Mais empresas adiam para 2021 volta a escritórios

Segundo reportagem do Estadão, houve aumento do número de empresas que retornarão aos escritórios no próximo ano. Entre agosto e setembro, 38% dos entrevistados disseram que voltarão aos escritórios somente em 2021, acima dos 26% registrados na edição anterior da pesquisa.

A KPMG entrevistou 569 executivos e empresários de diversos setores da economia em todo o Brasil.

Construtoras pretendem digitalizar controle das obras

De acordo com apuração da empresa de software Sienge e pela consultoria Grand Thompson com 643 empresas revela que, nos próximos dois anos, 70% delas pretendem implementar o sistema de modelagem em 3D das obras (chamado BIM), com digitalização das informações de cada uma das etapas construtivas (da fundação ao acabamento). As informações são do Estadão.

Os projetos que utilizam o sistema BIM podem ser até 37% mais rápidos em comparação aos modelos tradicionais.

Atualização Covid-19

O Brasil teve 644 óbitos confirmados por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de vítimas a 168.141. Os novos casos positivados foram 35.686, de um total de 5.983.089 milhões.

Leia Mais

Teste de impairment: para que serve e qual a sua importância?

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.