IPCA supera 8% em 12 meses e analistas veem inflação duradora; veja mais notícias

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: governo-jornais

O IPCA, índice que mede a inflação, acelerou e subiu 0,83% no mês de maio, pressionado por aumento da conta de luz e dos combustíveis. Essa foi a maior alta em 25 anos para o mês.

Com o resultado do IPCA, economistas estão revisando para cima suas previsões de inflação para o ano e também elevando as estimativas para a taxa de juros, de acordo com reportagem do Estadão.

As projeções feitas por instituições financeiras e consultorias agora estão mais próximas de 6%, conforme informou o jornal Valor.

Descubra novos caminhos para multiplicar seu patrimônio. Aprenda hoje a investir R$ 300 mil com os melhores desempenhos.

Futuros disparam com surprese inflacionária

Com a sucessão de surpresas altistas na inflação, como evidenciado no IPCA do mês passado, o reflexo no mercado de juros se deu desde o início do pregão, com forte valorização das taxas de curto prazo – a do DI para janeiro de 2022, por exemplo, saiu de 5,115% para 5,24%. As informações são do Valor.

Bolsonaro conta com plano econômico para reeleição em 2022

A prorrogação do auxílio emergencial aliada ao reforço do programa Bolsa Família, o Refis para as empresas e o aumento da faixa de isenção do Imposto de Renda das pessoas físicas formam uma tríade que o presidente Jair Bolsonaro está pavimentando para aumentar o apoio político nas eleições presidenciais de 2022, conforme informou o jornal Estadão.

Com essas três medidas, Bolsonaro atende a um público eleitor grande: os empresários endividados com o Fisco, a classe média e a população de baixa renda.

Voto impresso tem maioria para passar em comissão da Câmara

O voto impresso, modelo defendido por Bolsonaro, possui apoio de 21 dos atuais 32 deputados de colegiado, de acordo com o Estadão.

Barroso classifica como ‘retrocesso’ eventual retorno da impressão, de acordo com reportagem do Estadão.

Governo diminui tarifa de 23 produtos

O Governo incluiu 23 produtos num lista que tiveram suas tarifas de importação reduzidas “por razões de abastecimento”, segundo o Ministério da Economia.

A medida foi publicada na edição do Diário Oficial de ontem (9).

Atualização Covid-19

O Brasil teve 2.723 óbitos confirmados por covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de vítimas a 479.515. Os novos casos positivados foram 85.748, de um total de 17.122.877 milhões.