Investimentos mais seguros, quais são?

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Goumbik por Pixabay

Se você está começando a aplicar seu dinheiro, essa pode ser uma boa introdução. Descubra aqui quais são os investimentos seguros e que, claro, podem render mais que aquela grana que muitos costumam deixar na poupança.
Guarde esses nomes e siglas.

Título públicos

Em tese, são os ativos mais seguros do país. Pois são garantidos em sua integralidade pelo Tesouro Nacional. Por meio do programa Tesouro Direto, pessoas físicas realizam o investimento no governo em troca rendimentos. Como resultado o programa oferece diversas modalidades, com boa rentabilidade, vencimento ou fluxo de pagamentos.

Com a expansão do programa Tesouro Direto, o Tesouro Selic passou a ser considerado entre muitos a nova poupança do brasileiro. Atualmente o investidor consegue aplicar nesse ativo com pouco mais que R$100,00.

CDB e RDB

São investimentos de renda fixa emitidos por instituições financeiras. A aplicação em CDB e RDB oferece rentabilidade superior à da poupança com a mesma segurança. Isso se dá por causa da garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) de até R$250.000,00 por instituição financeira e CPF em caso de insolvência da companhia.

Com essa garantia o investidor pode descentralizar suas aplicações dos grandes bancos.

LCI e LCA

Esse tipo de investimento do setor bancário também conta com a cobertura do FGC de até R$250.000,00 por instituição financeira e CPF. Além disso, LCI e LCA são lastreadas em operações de crédito imobiliário ou do agronegócio, respectivamente, trazendo consigo essa garantia adicional.

A isenção do Imposto de Renda é outro ponto favorável desse tipo de investimento.

Entretanto, mesmo com a isenção de IR não significa que sejam sempre a melhor a opção. É necessário fazer as contas antes de investir.

O investidor dispõe de muitas alternativas de investimento para alocar seu capital de forma segura e rentável. Agora, cabe ao mesmo adequar a aplicação a seu perfil, horizonte e objetivo.

LEIA MAIS

Tesouro Selic: tudo o que você precisa saber para começar a investir

Investimentos financeiros: o que são e como se classificam

a

Sua carteira de investimentos está preparada para aproveitar a retomada de crescimento do Brasil? Essa pode ser a oportunidade da sua vida!

Deixe seus dados abaixo e nossa equipe entrará em contato para lhe ajudar.

Ou se preferir, ligue direto para 4007-2374.