Com juros de 336,1% ao ano no rotativo, saiba como fazer bom uso do cartão de crédito

Ana Paula Schuster
Colaborador do Torcedores

O cartão de crédito é um meio de pagamento que possibilita fazer pagamentos com muito mais praticidade. Desse modo, ele ajuda bastante na hora de comprar ou realizar alguma transação.

Mas é importante estar ciente de que o seu uso gera algumas taxas e encargos bastante altos. Portanto, o usuário precisa se planejar para não contrair muitas dívidas. Então, veja dicas do que fazer.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Juros do cartão de crédito rotativo chegam a 336,1% em agosto

Acompanhando as altas na taxa Selic, os juros do cartão de crédito rotativo chegaram a 336,1% ao ano no mês de agosto, segundo informações divulgadas na última segunda-feira (27) pelo Banco Central. Na comparação com o mês de julho, houve aumento de 4,6 pontos percentuais.

Esta é a maior taxa cobrada desde agosto de 2017, quando era de 392,3% ao ano.

Mas você sabe o que é crédito rotativo?

Ele funciona assim: se o cliente usou o cartão de crédito, mas não tem o valor total para quitar o pagamento da fatura até o vencimento, ele tem a opção de parcelar, de pagar o mínimo ou uma quantia que julgue adequada. Até aí, ok. O problema é que o restante da fatura será financiado pelo crédito rotativo.

E essa diferença entre o valor total e o que foi efetivamente pago até o vencimento se transforma em um empréstimo. E, consequentemente, passa a ter juros incidindo sobre ele.

Dessa maneira, entenda que é fundamental conseguir controlar o uso do seu cartão, para não obter dívidas que prejudiquem o seu orçamento. A seguir, veja algumas dicas para ajudar nesta tarefa.

Dicas para fazer bom uso do seu cartão de crédito

Caso pretenda fazer uso de um cartão de crédito é necessário ser bastante organizado. Uma vez que esse item gera uma praticidade enorme, mas pode trazer prejuízos. Dessa forma, saiba que o ideal é se organizar e planejar muito bem os seus débitos.

Além disso, existem muitas maneiras de melhorar seus gastos ou mesmo evitá-los. Confira na lista abaixo algumas dicas:

  • Compare os preços antes de comprar;
  • Planeje todos os gastos com antecedência;
  • Não use o seu cartão como se fosse uma renda mensal;
  • Efetue o pagamento do cartão no dia correto;
  • Caso o limite acabe, pague as suas dívidas primeiro;
  • Negocie os débitos adquiridos anteriormente;
  • Busque uma linha de crédito mais barata.

A fim de ajudar nessas tarefas, veja com detalhes cada um dos pontos citados acima. Já que eles indicam formas de otimizar o seus gastos e evitar prejuízos. Com isso, as chances de que você melhore seu orçamento serão muito maiores.

Compare os preços antes de comprar

Faça uma pesquisa nos preços, nas taxas e também nos benefícios que são oferecidos. Afinal, isso ajudará bastante na hora de fazer comparações ou compras.

Os bancos têm criado alguns tipos de serviços voltados para o aconselhamento. Assim, o cartão de crédito deve ser utilizado como um aliado na hora de economizar.

Planeje todos os gastos com antecedência

Para controlar as suas finanças é fundamental planejar com antecedência os seus principais gastos. E isso pode incluir os débitos que serão contraídos futuramente. Aliás, é imprescindível evitar utilizar seu cartão de forma deliberada.

Por isso, organize as suas compras do supermercado no papel. E procure fazê-las nos dias em que estão ocorrendo promoções. Fixe algumas metas de valores e não perca o foco. Inclusive, saiba que o ideal é criar uma planilha e anotar tudo para facilitar.

Não use o seu cartão de crédito como se fosse uma renda mensal

Você não deve utilizar seu cartão como se ele fosse um tipo de renda mensal. Afinal, entenda que as taxas de juros são mais elevadas neste método de pagamento. E seu objetivo é voltado para momentos de grande necessidade.

De tal modo que o cartão de crédito pode ter um parcelamento em sua fatura. O que pode causar um desequilíbrio em suas finanças. Caso o usuário ultrapasse o limite máximo, ele poderá contrair dívidas e ficar no prejuízo.

Efetue o pagamento do cartão de crédito no dia correto

Uma das melhores maneiras de evitar os juros é pagando o seu cartão na data correta. Assim, a forma mais interessante é por meio do débito automático. O ideal é realmente pagar a fatura antes de gastar o seu salário.

De fato, saiba que para lembrar desta data é importante deixar alguns lembretes, que podem estar em seu celular ou agenda. Com isso, você saberá quando deverá efetuar a quitação do débito.

Vale destacar que o usuário pode até mesmo pedir uma alteração na data, facilitando ainda mais. Portanto, sempre programe-se para o período em que terá dinheiro para realizar o pagamento.

Caso o limite acabe, pague as suas dívidas primeiro

O primeiro passo a ser feito quando o limite terminar é pagar os débitos. Ou seja, você deve remover as faturas e parcelas que foram obtidas no cartão de crédito. Além disso, evite prolongar o limite, porque isso só gerará ainda mais prejuízos.

Vale destacar que o score também aumenta à medida que a pessoa demonstra ser pontual nos pagamentos. E a conscientização é fundamental para evitar novos gastos desnecessários. Torna-se essencial no controle adequado do seu orçamento.

Negocie os débitos do cartão de crédito adquiridos anteriormente

As negociações das dívidas ou parcelas também são de grande valia. Aliás, saiba que isso facilita bastante na hora de organizar melhor o seu orçamento. Desse modo, será possível analisar com antecedência os valores que cabem em suas finanças.

Essa tarefa precisa ser feita o quanto antes para que você não fique enrolado com dívidas. Além disso, traz mais tranquilidade e organização para o seu controle financeiro.

Busque uma linha de crédito mais barata

Há diversas possibilidades de linha de crédito que estão disponíveis. Assim, entenda que você pode buscar outras instituições financeiras que cobrem taxas mais baixas. O que facilita ainda o processo e permite o uso do cartão de crédito.

Verifique os serviços e os benefícios oferecidos por tal banco. E se achar coerente efetue a portabilidade das dívidas para essa nova instituição.

Faça bom uso do cartão de crédito

O cartão de crédito é um item fundamental para fazer compras e transações. Entretanto, saiba que seu uso desenfreado pode prejudicar muito o orçamento familiar. De tal forma que o ideal é administrar muito bem os seus gastos.

Fazendo apenas compras que sejam necessárias e planejando seus débitos. Para que a sua relação com o cartão seja favorável e traga bons resultados. Vale lembrar que as dívidas sempre devem ser pagas o mais rápido possível.

Uma vez que elas prejudicam as finanças e são vilãs do seu dinheiro. O cartão é ótimo quando utilizado da maneira correta. E seu objetivo é auxiliar em momentos em que realmente seja importante. Portanto, esteja ciente de que fazer bom uso é a escolha ideal.

Quer saber mais sobre opções de crédito? Preencha o formulário abaixo e fale com um de nossos assessores de investimento.