Desastre ambiental: derramamento de óleo nas praias do Nordeste atinge imagem da Petrobras

Walter Niyama
Jornalista formado pela ESPM-SP, possui passagens pelo Diário do Centro do Mundo e já trabalhou na assessoria de imprensa da Secretária de Estado da Saúde de São Paulo. Também tem textos escritos para o site Torcedores. É idealizador do site de jornalismo Converge e colunista no Nerdssauros. É também autor de três romances publicados.

Crédito: Foto: Divulgação/Petrobras

Desde o que um gigantesco volume de petróleo atingiu centenas de praias do Nordeste e pontos no litoral de Espírito Santo. O que causou incalculável prejuízo ambiental e ainda não totalmente explicado. A estatal Petrobrás constatou queda dos indicadores que avaliam sua imagem e sua reputação.

Sem envolvimento

Análise interna da empresa concluiu que parte considerável da população relaciona o evento à estatal. Isso ocorre devido a associação da marca Petrobrás a acontecimentos que envolvam petróleo.

O diretor de Governança e Conformidade da Petrobras Marcelo Zenkner, lamentou em um evento na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan): “O derramamento impactou a imagem da Petrobras, apesar de não termos responsabilidade nenhuma”.

Recuperação

O episódio do derramamento ocorre justamente quando a empresa estava se estabilizando. Terrivelmente manchada pelos escândalos da Lava Jato, a marca finalmente se recuperava. A Petrobras precisou reconquistar a confiança dos consumidores e dos investidores. Muito disso com um discurso que apostava na transparência, na tecnologia e pesquisa.

Roberto Ardenghy, diretor de Relação Institucional da Petrobras, presente na mesma palestra em que falou Marcelo Zenkner, se mostrou bastante otimista com relação ao futuro da imagem da estatal: “Nas próximas semanas isso vai ser revertido”.

Suspeitos

Apesar do navio grego Bouboulina ter aparecido nos jornais como suspeito pelo vazamento de óleo nas praias do Nordeste, que já causaram e continuam causando prejuízos enormes aos ecossistemas locais e também aos pescadores e comerciantes locais, as investigações ainda não são conclusivas.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

No último dia 20 de novembro, um estudo foi apresentado na Câmara dos Deputados apontando o navio Voyager I, das Ilhas Marshal, como principal suspeito pelo derramamento. Mas a embarcação não está na lista de investigados pela Marinha.

 

LEIA MAIS:

Tesouro Nacional realiza captação de recursos no exterior

Em meio à crise, governo anuncia pacote de reformas