Depois do veto à candidatura de Lula, semana será decisiva para o PT

Patrícia Auth
Patrícia Auth é jornalista formada pela Univali de Itajaí/SC. Trabalhou em impressos, como o Jornal de Santa Catarina, e também, como repórter na Rede Record e RBS TV. É casada, mãe da Lívia e adoradora de boa música e gastronomia.Na equipe EuQueroInvestir, é responsável pela produção de vídeos, e também escreve e edita artigos para o site.Entre em contato com a Patrícia pelo e-mail: patricia.auth@euqueroinvestir.com

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu vetar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e com isso, a semana será de decisão para o Partido dos Trabalhadores em relação ao plano estratégico definido há alguns meses pelo próprio ex-presidente para a disputa, que o colocou na liderança de todas as pesquisas veiculadas recentemente. Com o prazo de 10 dias para a troca de candidato, conforme determinação do TSE, aumenta no partido a quantidade de defensores pela substituição de Lula por Fernando Haddad, que atualmente é vice na disputa.

Haddad se reúne nesta segunda-feira (03) com Lula em Curitiba – onde o ex-presidente está preso há cinco meses – para definir os próximos passos da campanha. O PT contabiliza como prazo final para troca de candidato o dia 12 de setembro, de acordo com o definido pelo ministro Luís Roberto Barroso. O que já se sabe é que a defesa de Lula recorrerá ao Supremo Tribunal Federal (STF) e também ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

Site do TSE já indica Lula como candidato inapto.

A decisão sobre a substituição na candidatura de presidente será exclusiva de Lula, mas existe pressão de líderes do PT para que a troca aconteça ainda nesta semana.

Internamente, sabe-se que a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, é a favor de manter a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva até o fim, com a intenção de “entrar para a história”, mas os pró-Haddad acreditam que essa estratégia, depois do veto da Justiça Eleitoral, poderá gerar uma “debandada” de eleitores para Marina Silva (Rede) e para Ciro Gomes (PDT).

Em entrevista ao portal Valor, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), falou que dentro do partido existe urgência na mudança do cabeça de chapa, porém, há quem concorde em esperar os recursos que serão feitos ao STF e STJ.

“Caso o STF diga que não vai cumprir a decisão da ONU, é unanimidade, pelo menos entre os governadores, que Haddad tem que ser o candidato substituto”, afirmou Dias.

Antes e continuar…

Vamos pensar nos seus investimentos e fazer o teste de perfil? É rápido, fácil e de graça!

[banner id=”teste-perfil”]

E o horário eleitoral?

Na noite deste domingo, dia 02, o ministro Luís Felipe Salomão, do TSE, decidiu suspender a veiculação de uma propaganda no rádio, em que Lula é apresentado como candidato à Presidência da República pelo PT.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Na decisão, o ministro Salomão escreveu:

“As transcrições do programa de rádio não deixam dúvidas de que estão sendo descumpridas as deliberações do colegiado”.

No rádio, a propaganda eleitoral do Partido dos Trabalhadores veiculou no último sábado (1º), a voz de um locutor dizendo: “Começa agora o programa Lula presidente, Haddad vice” e “Lula candidato e presidente, sim”.

O magistrado fixou multa de R$ 500 mil à coligação em caso de descumprimento da decisão. Os advogados da chapa podem apresentar defesa no prazo de dois dias, porém, a decisão tem validade imediata.

Na televisão, por enquanto, Lula e Haddad poderão continuar dividindo espaço. O que se viu no programa exibido no sábado, é que não existe definição de papéis. No lugar da palavra “vice”, uma estrela vermelha cobre o nome de Haddad, e ele é chamado de “representante de Lula”, e não “vice”.

O slogan da campanha também não apresenta definição de cargos: “É Lula, é Haddad, é o povo, é o Brasil feliz de novo”.

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.