“Democracia e liberdade acima de tudo”, diz Bolsonaro em coletiva

Marcelo Hailer Sanchez
null
1

Crédito: Antonio Cruz/Agência Brasil/Divulgação

Em coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (20), em frente ao Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que defende a democracia e a Constituição, e que nunca atuou contra a liberdade. Bolsonaro também afirmou que espera que esta seja a última semana da quarentena.

Situação grave

À imprensa, Bolsonaro afirmou que a situação atual do Brasil é “grave” e que é preciso tratar de dois problemas ao mesmo tempo: “vírus e desemprego”. Para o presidente, caso contrário, a situação do país pode piorar muito e “degradar para fome e caos”.

Bolsonaro também defendeu que seja dita a verdade à população. No caso, de que 70% das pessoas no Brasil serão contaminadas pelo coronavírus. “Não adianta fugir da verdade, aproximadamente 70% da população vai ser contaminada”, enfatizou o presidente.

Democracia

O presidente Bolsonaro também respondeu reportagens que o acusam de atentar contra a democracia. Afirmou que trabalha para o povo brasileiro. “Eu estou conspirando contra quem? Falta inteligência de quem me acusa. O que fiz contra a liberdade de imprensa? Eu sou contra as prisões (de pessoas que furam a quarentena), eu sou a Constituição”, afirmou Bolsonaro.

Na coletiva, Bolsonaro também afirmou que o seu governo trabalha “a luz do dia” e que as instituições – Supremo Tribunal Federal e Congresso Nacional – seguem funcionando normalmente e de que não vai aceitar “provocações baixas”, referindo-se de que seria a favor de intervenção militar.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Ainda sobre as manifestações ocorrida ontem (19) e alguns cartazes que pedia um novo AI-5, o presidente disse que sempre “há infiltrados” e que tais pautas são pedidas desde 1968 e pediu respeito à liberdade de imprensa. “Não falei nada contra a Constituição, fora isso, é mentira. Democracia e liberdade acima de tudo”, finalizou o presidente.