Debêntures: você conhece?

Humberto Maurício Pennacchia
null
1

Crédito: Photo by Jason Briscoe on Unsplash

Quando falamos em modalidades de investimentos , frequentemente pensamos em caderneta de poupança, CDB, títulos do tesouro direto, bolsa de Valores e por aí vai…

Acrescento a esse grupo de opções,  um nome que ainda não é muito conhecido da grande maioria da população brasileira: as debêntures.

O  que são debêntures?

Debêntures  são  títulos de dívida lançados por empresas privadas.

Qual o objetivo de uma empresa ao lançar uma debênture?

Ao lançar uma debênture, a empresa busca levantar recursos   para realizar seus investimentos.

Qual o prazo de validade de uma debênture?

As debêntures podem ser de médio e longo prazo, e tornam os adquirentes desses papéis credores da empresa que os emitiu.

O que o investidor recebe ao adquirir uma debênture?

O investidor, ao adquirir uma debênture, receberá em troca uma taxa de juros como remuneração pelo capital investido.

A dinâmica da operação é bem parecida com o que acontece quando você compra um título do tesouro direto do governo federal.

Só que, no caso das debêntures, você não está emprestando seu dinheiro ao governo e sim a uma empresa privada.

Se eu adquirir uma debênture, quanto vou receber de juros?

O rendimento das debêntures pode ocorrer de três formas diferentes. Explicaremos cada uma delas.

1) Debêntures pós-fixadas: nesse caso, o investidor tem seu rendimento atrelado a algum tipo de indicador financeiro, podendo ser, por exemplo, o CDI ou a Selic. Como o próprio nome pós-fixado já diz, você não saberá na data do investimento quanto receberá de juros. Tudo dependerá de como o indicador financeiro se comportará no final do período.

2) Debêntures pré-fixadas: Nesse tipo de modalidade de investimento, você saberá antecipadamente quanto renderá seu título ao final da aplicação. Exemplo: alguém investiu R$ 100.000,00 por um período de doze meses com uma taxa de juros projetando um retorno de 10% ao ano.

3) No terceiro e último caso temos as debêntures híbridas, que são uma mistura dos dois exemplos anteriores. As debêntures híbridas têm um componente pós- fixado e um pré-fixado. Pode existir uma taxa de juros pré fixada mais a correção pelo IPCA, por exemplo. Se você se interessou pelas debêntures, atente para um detalhe importantíssimo.

Escolha com bastante cuidado a empresa que você deseja comprar os títulos,  como em todo negócio, sempre existe o risco de crédito, ou seja, o risco de tomar o calote da empresa que você adquiriu os papéis.

Por isso, opte por empresas já consolidadas em seu setor de atuação e com um histórico de serem cumpridoras de suas obrigações.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374