De forma surpreendente, Ministro das Finanças britânico Sajid Javid renuncia ao cargo

Jéssica De Paula Alves
Jornalista e produtora de conteúdo

Crédito: Divulgação

Em movimento surpresa, Sajid Javid renunciou ao cargo de chefe do ministério das finanças do Reino Unido. A notícia surpreendeu os mercados financeiros e especialistas políticos no país, nesta quinta-feira (13), informou o site CNBC.

Desde julho de 2019, ele atuava como ministro das Finanças, também conhecido como Chanceler do Tesouro no Reino Unido. Ele assumiu após Boris Johnson foi nomeado primeiro-ministro.

Filho de um motorista de ônibus paquistanês que já atuou como secretário do Interior, Javid deve apresentar o orçamento da Grã-Bretanha em março. Este é o primeiro do Reino Unido após a saída da União Europeia, em janeiro.

Todavia, a renúncia ocorre quando Johnson estava fazendo alterações em seu gabinete na quinta-feira. Contudo, o procurador-geral do Reino Unido, Geoffrey Cox, também renunciou.

De acordo com a mídia britânica, Javid teria recebido a proposta de permanecer ministro das Finanças se demitisse todos os seus conselheiros. Ele recusou e teria preferido renunciar ao cargo.

Rishi Sunak, que trabalha como secretário-chefe do Tesouro desde julho de 2019, assumirá o cargo.