Day Touro: Arthurito da Faria Lima vê Ibovespa em 130 mil pontos até o fim do ano

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

O índice Ibovespa deve fechar o ano em torno de 130 mil a 135 mil pontos no fim do ano. Mas tudo ainda depende do andamento do cenário de pandemia e da política do país.

A avaliação é de Arturito da Faria Lima, influencer digital com mais de 70 mil seguidores no Instagram. Ele participou nesta quarta-feira (5), do Day Touro, evento online e gratuito comandado pelo Diretor de Operações daEQI Investimentos, Pablo Spyer.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Veja aqui a transmissão completa

O que favorece tal cenário é a entrada cada vez maior de pessoas físicas na bolsa de valores, como consequência do êxodo da poupança e da renda fixa, explica Arthurito. Outro fator que conta também a favor é a maior liquidez global.

Também conhecido como sendo um “habitante do Condado da Faria Lima”, Arthurito contou um pouco sobre sua visão de mercado. Assim como também analisou o mercado como um todo. Grande conhecer dos bastidores da B3, ele tem uma “identidade secreta”.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo

Day Touro

Day Touro: Arturito vê apetite no mercado para IPOs

Outro ponto que Arthurito explorou é que, com mais pessoas na B3 e maior liquidez global, as ofertas iniciais de ações (IPOs) também são favorecidas.

De acordo com o “Faria Limer”, há apetite por novas ações. E, assim, podem surgir novas aberturas de capital. Ele destacou o setor de tecnologia como um dos mais promissores nesse quesito.

“O IPO da Localweb foi transformacional. Antes, víamos as pessoas investindo nesse setor só no exterior. Como a Localweb vem entregando resultados, começou uma desmistificação sobre a B3 não receber empresas de tecnologia”, comentou.

Mas como todo fato novo, há aprendizado. Arthurito lembrou que os analistas e assessores de investimento não devem avaliar uma empresa de tecnologia com o mesmo olhar que é voltado para uma tradicional. É necessário outro critério de avaliação.

Tipos de investimentos

Arturito também contou um pouco sobre seu próprio perfil de investidor. Ao contrário de muitos, ele não faz reservas de emergência. Diz ter um perfil mais agressivo. E, quando investe em renda fixa, é para alocar o rendimento em uma outra oportunidade.

“A minha reserva de emergência é Deus. Eu não tenho renda fixa. Apenas para ter liquidez e aportar em algum lugar”, disse.

Ele avaliou ainda que os assessores de investimento precisam adequar os investimentos conforme uma sustentabilidade de negócios, que varia de acordo com cada investidor. No caso de Arturito, ele contou que possui multimercados, investimentos diretos em ações e percentuais em ETFs nos Estados Unidos. Além de parcelas pequenas em startups.

Sobre o ecossistema da Faria Lima, Arthurito contou que os “habitantes” da Faria Lima precisam ser mais diversificados. Uma gama maior de experiências dará outras análises aos investimentos. Ou seja: visões diferentes produzem análises melhores. O que significa mais dinheiro, segundo o influencer.