Dasa (DASA3) levanta R$ 3,3 bilhões em oferta de ações

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação Dasa

A Dasa (DASA3) levantou R$ 3,306 bilhões com o aumento de capital por meio de oferta de ações. O preço por cota saiu a R$ 58.

Foram emitidas 57.010.786 novas ações.

Assim, agora a empresa tem um capital social de R$ 15.633.331.579,53, dividido em 537.824.544 ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal.

As ações objeto da oferta restrita passarão a ser negociadas na bolsa em 8 de abril e a liquidação financeira será feita no dia 9.

A totalidade dos recursos líquidos provenientes da oferta primária serão destinados para:  crescimento orgânico e inorgânico  (aquisições oportunísticas); pagamento referente à aquisição do Grupo Leforte (Biodínamo Empreendimentos e Participações Ltda.); e capital de giro para os negócios da Dasa, incluindo investimento em novos produtos e pesquisas.

IRB Brasil (IRBR3) comunica encerramento de fiscalização especial da Susep

A IRB Brasil (IRBR3) comunicou que a Superintendência de Seguros Privados, informou que o seu Conselho Diretor, em reunião extraordinária realizada em 6 de abril de 2021, decidiu, por  unanimidade, aprovar o encerramento  da fiscalização especial a qual IRB Brasil estava sujeito.

Em 18 de fevereiro de 2021, a Companhia havia informado que, com base nas demonstrações financeiras de 31 de dezembro de 2020, havia atingido o enquadramento regulatório referente aos índices de liquidez e cobertura de provisões técnicas.

A insuficiência de ativos garantidores das provisões técnicas, que gerou a referida fiscalização especial, havia sido informada ao mercado em 11 de maio de 2020, após a Companhia ser oficiada pela SUSEP.

Durante todo o referido período, a IRB manteve o mercado devidamente informado acerca de sua situação em relação à adequação às normas vigentes e adotou todas as medidas necessárias para solucionar a questão com a maior brevidade possível.

“O encerramento da Fiscalização Especial pela SUSEP representa um marco fundamental no processo de recuperação desta companhia, com mais de 80 anos de existência, fruto de um trabalho intenso de toda a atual administração do IRB Brasil RE, juntamente com o apoio dos seus colaboradores, parceiros, clientes, acionistas e demais stakeholders”, diz a empresa.

B2W (BTOW3): subsidiária Super Now compra plataforma de food delivery

A B2W (BTOW3) comunicou que sua subsidiária Super Now Portal e Serviços de Internet, plataforma inovadora de e-commerce focada na categoria de supermercado no Brasil, firmou contrato para adquirir a sociedade Shipp do Brasil Tecnologia, plataforma mobile de food delivery e conveniência.

A pretendida aquisição está em linha com a estratégia da B2W de ser mais relevante no dia a dia dos clientes, oferecendo tudo, a toda hora e em qualquer lugar.

A Shipp é uma startup de delivery on demand que iniciou suas atividades em 2017, no estado do Espírito Santo, como uma alternativa ao modelo tradicional de entrega, oferecendo mais conveniência para os clientes, que podem, por meio do app, fazer pedidos de supermercados, farmácias, restaurantes, petshops, ou qualquer outro estabelecimento.

A plataforma também oferece um serviço de concierge, que permite a entrega de tudo o que o cliente desejar.

Comum modelo de negócios altamente escalável, a Shipp iniciou a expansão para novas localidades, com o objetivo de atender mais de 100 cidades.

A plataforma conta com 10 mil entregadores cadastrados e alto nível de serviço, realizando as entregas em aproximadamente 36 minutos

A aquisição da Shipp permitirá a entrada do Universo Americanas no modelo de Ultra Fast Delivery (entrega em poucos minutos).

Além disso, possibilita a melhoria da experiência do consumidor na categoria de food delivery (iniciada em 2020 por meio de parcerias estratégicas), a expansão da categoria de mercado para novas localidades e a aceleração das soluções de O2O (Online to Offline), principalmente, o ship from store, que é operado pela Ame Flash, plataforma proprietária  de crowdshipping com mais de 20 mil entregadores e presença em mais de 700 cidades.