Dasa (DASA3) aprova aquisição; Klabin (KLBN11) definirá compra de Sogemar

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Divulgação Dasa

A DASA (DASA3) informou que celebrou ontem, 15, o contrato de subscrição de ações entre sua controlada, Ímpar Serviços Hospitalares e os acionistas controladores da Nossa Senhora do Carmo Participações.

Desse modo, o contrato tem por objeto a subscrição de ações da sociedade pela Ímpar, que, após a conclusão da transação, passará a deter 70% as ações da Sociedade Nossa Senhora do Carmo.

A Dasa informou que a conclusão da operação está sujeita à aprovação pelas autoridades concorrenciais brasileiras.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

Klabin (KLBN11) convoca assembleia para definir compra da Sogemar e encerrar pendência de royalties

O Conselho de Administração da Klabin (KLBN11) convocou assembleia extraordinária, a ser realizada em 30 de outubro de 2020, a fim de deliberar sobre a incorporação da Sogemar pela Companhia.

Assim sendo, com a concretização da operação, a Sogemar será extinta e sucedida pela Klabin.

Atualmente, a Sogemar tem como principal atividade o licenciamento de marcas para Klabin.

Como resultado da incorporação, a Klabin passará a ser proprietária das marcas, com a consequente extinção do contrato de licenciamento em vigor e do pagamento de royalties pelo uso das marcas.

“A administração entende que a Incorporação representa um importante passo no aprimoramento da governança corporativa da Klabin, refletindo a solução mais adequada e equitativa para o encerramento de uma transação entre partes relacionadas relevante da Companhia, por meio do término do Contrato de Licenciamento e da adoção de solução definitiva para a situação jurídica das Marcas, em linha com o entendimento manifestado pelo Grupo de Trabalho a respeito do tema”, informou a Klabin.