CVM alerta sobre atuação irregular da Union Standard Group (USGFX)

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução / Facebook / CVM

A Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediários (SMI) da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) soltou nota nesta segunda-feira (20) alertando o mercado sobre a atuação irregular da empresa Union Standard International Group Pty Ltd, também conhecida como USGFX.

“A área técnica detectou indícios de que a empresa efetua a captação de clientes residentes no Brasil para a realização de operações com valores mobiliários, em especial no denominado mercado Forex (Foreign Exchange)”, diz o alerta.

O problema é que a USGFX não tem autorização da CVM para captar clientes residentes no Brasil.

Ou seja, ela está atuando de forma irregular e marginal à lei.

Determinação da CVM e multa

Assim, a CVM determinou “a imediata suspensão da realização de qualquer oferta pública de oportunidades de investimento no denominado mercado Forex, de forma direta ou indireta”.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

Se não adotar a determinação da CVM, a USGFX estará sujeita à multa diária no valor de R$ 1 mil.

A USGFX

A empresa mantém uma página na Internet com informações em português (com a bandeira de Portugal e não do Brasil), embora nem todas as páginas sejam traduzidas e mantenham-se em inglês.

Ali, é possível ler sobre a USGFX que “é um corretor australiano de FX e CFD de vários ativos e premiado, permitindo que clientes em todo o mundo negociem pares de moedas, índices e mercadorias em condições de negociação premium”.

Ainda ressalta que “o grupo USG opera sob a regulamentação total das autoridades financeiras mais confiáveis e respeitáveis do mundo e é licenciado sob rigorosa supervisão de reguladores conhecidos na Austrália ASIC (Comissão de Valores Mobiliários e Investimentos da Austrália), FCA do Reino Unido (Autoridade de Conduta Financeira), Vanuatu VFSC (Comissão de Serviços Financeiros de Vanuatu)”.

E avisa que “os fundos dos clientes são mantidos em uma conta de ‘trust’ segregada no banco Commonwealth Bank of Australia, separada das contas e fundos da empresa”.

“Os fundos são estabelecidos e monitorados estritamente de acordo com as normas regulamentares, requisitos e diretrizes”, defende.

A USGFX é patrocinadora do Sheffield United, tradicional clube de futebol da Inglaterra, fundado em 1889 e campeão apenas uma vez, na temporada 1897-98.

Sobre Forex e Stop Order

Segundo explica a CVM, as “operações realizadas no mercado Forex envolvem negociações com pares de moedas estrangeiras, revelando a existência de instrumentos financeiros pelos quais são transacionadas taxas de câmbio”.

“Então, essas características e amoldam à definição de contrato derivativo e, por consequência, ao conceito legal de valor mobiliário”, segue.

A emissão de Stop Order, ou suspensão, é uma medida de natureza cautelar da autarquia.

De acordo com a CVM, “o objetivo é prevenir ou corrigir situações anormais de mercado detectadas. Por isso, não deve se confundir com a penalização das pessoas indicadas”.

No caso de infrações, a penalização exige a conclusão de processo administrativo sancionador com decisão condenatória.