CVC (CVCB3) fará oferta de debêntures de R$ 436 milhões para quitar dívida com Citibank

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Divulgação/ CVC

O Conselho de Administração da CVC (CVCB3) aprovou na última quinta (21) a 5ª emissão de debêntures, não conversíveis em ações da Companhia.

Segundo o comunicado, os recursos captados serão integralmente utilizados para o pagamento antecipado do passivo financeiro da CVC junto ao Citibank.

Dessa forma, serão emitidas 436.405 debêntures, com valor nominal unitário de R$ 1 mil, totalizando o montante de R$ 436,405 milhões, valor igual ao saldo de principal atual das dívidas com o Citibank.

A CVC informou ainda que será admitida a distribuição parcial das debêntures, desde que haja colocação de, no mínimo, 350 mil debêntures, no valor total de R$ 350 milhões.

A nova emissão, a ser lançada em série única, será objeto de distribuição pública com esforços restritos.

Os referidos títulos prometem pagar juros remuneratórios de 100,00% da variação acumulada das taxas médias diárias dos DI, acrescida de sobretaxa equivalente a 3,75% ao ano, no período entre a primeira data de integralização (inclusive) e 01 de outubro de 2021 (exclusive); e 5,75% ao ano, no período entre 01 de outubro de 2021 (inclusive) e a data de vencimento (exclusive), em 01 de junho de 2023.

MRV (MRVE3) comunica renúncia de diretor

A MRV (MRVE3) comunicou nesta segunda (25) a renúncia do diretor executivo de comercial e crédito, o Sr. Eduardo Paes Barreto.

Em seu lugar assume o Sr. Thiago Corrêa Ely, que exercera isoladamente todas as funções e prerrogativas decorrentes dos cargos de diretor executivo de comercial e crédito da Companhia.