CVC (CVCB3) conclui processo de reestruturação de dívida

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: CVC/Divulgação

A CVC (CVCB3) concluiu reestruturação de dívidas da 2ª, 3ª e 4ª emissões de debêntures, com valor de face em aberto de R$ 1,5 bilhão, conforme fato relevante publicado hoje (20).

A empresa realizou o alongamento parcial da dívida de curto prazo relacionada a 2ª emissão de debêntures (CVCB12), passando de 21 de novembro de 2020 para 21 de novembro de 2021.

A CVC também realizará o pagamento de 10% do montante total das dívidas em 23 de novembro de 2020, com exceção da CVCB12, cujo pagamento será de 57% do montante total.

BDRsDay TradeUnicórnios e novos IPOs.

Hoje é dia de insights para investir em 2021.

De acordo com a CVC, a amortização do saldo da CVCB12 acontecerá de forma mensal a partir de março de 2021 até a nova data de vencimento.

Em relação ao saldo da 3ª emissão pública de debêntures (CVCB13), a companhia informou que serão pagos R$ 51 milhões em março de 2021, e o restante em parcelas mensais a partir de julho de 2021 até seu vencimento. A CVC destacou que a CVCB12 e CVCB13 podem ter a forma de amortização alterada caso seja verificado aumento de capital da companhia até 28 de fevereiro de 2021.

Restrição ao pagamento de dividendos

A CVC ainda anunciou a restrição quanto ao pagamento de dividendos, com exceção do dividendo mínimo obrigatório até 31 de dezembro de 2022 ou até que até que seja verificado alavancagem financeira Dívida Líquida/EBITDA seja igual ou inferior a 3,5 vezes.

Além disso, a CVC decidiu pela verificação de novos covenants financeiros e firmou compromisso da implementação de evento de liquidez pela Companhia até 30 de setembro de 2021. Caso isso não aconteça, a CVCB12 deverá ser paga integralmente e a CVCB13 continuará com seu fluxo acordado de amortização. Enquanto a CVCB14 e CVCB24 terão o direito de subscrever com seus respectivos créditos novas ações da companhia em aumento de capital cuja realização é condicionada a não implementação do evento de liquidez até 30 de setembro de 2021.

Leia Mais

Teste de impairment: para que serve e qual a sua importância?

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.