Cury (CURY3): Itaú (ITUB4) fica com 6,16% de participação

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Reprodução Cury

A Cury Construtora e Incorporadora (CURY3) informou na noite de segunda-feira, 21, que recebeu comunicação do Itaú (ITUB4), informando a aquisição de participação acionária relevante.

Segundo o comunicado, a aquisição foi de 6.163% das ações ordinárias emitidas pela Cury, totalizando 17,99 milhões de ações.

De acordo com o Itaú, a participação não tem o objetivo de alterar a composição ou a estrutura administrativa da Cury.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

Além disso, o banco informou que a posição será detida por fundos de investimentos geridos pelo Itaú. No contexto de sua atividade de administração de recursos de terceiros (asset management).

A Cury (CURY3), subsidiária da Cyrela (CYRE3), estreou na bolsa ontem, 21.

Fixado em R$ 9,35 por ação em sua oferta pública inicial (IPO), o papel sofreu uma queda de 6,74% e chegou a ser cotada a R$ 8,72, mas se recuperou.

No fim do dia, fechou a sessão em alta de 1,18% em cima do valor inicial, a R$ 9,46.

No primeiro dia da Cury na bolsa, a Companhia levantou R$ 977,5 milhões com sua oferta de ações.

O valor ficou um pouco abaixo do que previa a captação inicial, estimada em R$ 1,5 bilhão antes da estreia.

O montante captado no IPO já tem destino. Dos R$ 977,5 milhões levantados, R$ 170 milhões são em relação à tranche primária e, assim, vão para o caixa da empresa.

Os recursos captados pelo IPO serão direcionados pela Cury para a aquisição de terrenos.

A empresa é voltada a empreendimentos residenciais focados na baixa renda. Atuando, principalmente, nas regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro.

Plano&Plano (PLPL3): Truxt Investimentos passa a deter 12,19% de participação acionária

A Plano&Plano (PLPL3) recebeu correspondência da acionista Truxt Investimentos comunicando que aumentou sua participação em ações ordinárias da Companhia.

Desse modo, a Truxt passa a administrar um total de 24,9 milhões de ações ordinárias, correspondentes a 12,19% do total de ações ordinárias da Plano & Plano.

Trata-se de um investimento minoritário que não altera a composição do controle ou a estrutura administrativa da Plano&Plano.