CSN Mineração (CMIN3) tem lucro 5,89 vezes maior no 1TRI21

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: CSN Mineração (CMIN3)

A CSN Mineração (CMIN3) reportou lucro líquido de R$ 2,36 bilhões no balanço do primeiro trimestre (1TRI21). Os números refletem uma alta de 5,89 vezes sobre o resultado do mesmo período de 2020, com lucro de R$ 401 milhões.

“Esse desempenho reflete a melhora do resultado operacional em função da alta do câmbio e da valorização do índice PLATTS”, informou a companhia.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Veja o balanço na íntegra

CSN Mineração (CMIN3) : principais números do balanço do 1TRI21

Lucro líquido

  • Lucro 1TRI21: R$ 2,36 bilhões
  • Lucro 1TRI20: R$ 401 milhões

Ebitda

  • Ebitda ajustado 1TRI21: R$ 3,66 bilhões
  • Ebitda ajustado 1TRI20: R$ 912 milhões

Receita

  • Receita 1TRI21: 5,47 bilhões
  • Receita 1TRI20: 1,6 bilhão

Receita sobe 234%

No balanço do 1TRI21, a CSN Mineração (CMIN3) registrou uma receita de R$ 5,47 bilhões, alta de 234% sobre o mesmo período do ano passado.

Na comparação com o trimestre anterior, a receita foi 21% superior como resultado do contínuo aumento verificado no preço médio do Platts, que subiu24,8% contra o 4T20, além da variação cambial verificada no período.

O lucro bruto, no valor de R$ 3,56 bilhões, foi 329% maior que no primeiro trimestre de 2020.

Ebitda avança 302%

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado no balanço do 1TRI21 avançou 302%, atingindo R$ 3,66 bilhões.

Ao mesmo tempo, a margem Ebitda passou de 55,71% no 1TRI20 para 66,95% um ano depois.

Resultado Financeiro

A CSN Mineração (CMIN3) informou que no balanço do 1TRI21 o resultado financeiro foi positivo em R$ 76 milhões, impactado pela variação cambial que acabou por compensar a reversão de ajustes a valor presente de fornecedores.

Por sua vez, o resultado de equivalência patrimonial foi positivo em R$6,7 milhões no 1T21, frente aos R$31 milhões registrados no 4T20, em razão do menor resultado verificado na MRS.

Endividamento

Em 31 de março de 2021, a CSN Mineração (CMIN3) possuía um caixa líquido de R$ 3,7 bilhões, uma melhora em relação ao trimestre anterior como consequência da forte geração de caixa observada no período.

O indicador de alavancagem medido pela relação Dívida Líquida/Ebitda foi de -0,34x.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3