CSN (CSNA3): controlada conclui a aquisição da Elizabeth Cimentos e da Elizabeth Mineração

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Divulgação

A Companhia Siderúrgica Nacional, CSN (CSNA3), informou nesta terça-feira (31) que a CSN Cimentos, companhia controlada pela CSN e que concentra as operações de fabricação e comercialização de cimento do grupo, concluiu a aquisição da Elizabeth Cimentos e da Elizabeth Mineração.

A CSN comunicou o negócio em 30 de junho último, avaliado em R$ 1,08 bilhão, com pagamento em caixa, aporte de capital e assunção de dívidas.

A CSN Cimentos está em vias de realizar sua oferta pública inicial de ações (IPO).

Gol (GOLL4) vai disponibilizar 412 voos diários em setembro, acréscimo de 10%

A Gol Linhas Aéreas (GOLL4) informou que vai operar 412 voos diários em setembro. Tal volume é 10% maior do que o realizado em agosto.

No total, serão 12,3 mil decolagens.

Schulz (SHUL4) aprova plano de recompra de ações

A Schulz (SHUL4) aprovou um Programa de Recompra de Ações para manutenção em tesouraria, cancelamento ou alienação.

“O objetivo central do Plano é maximizar a geração de valor para o acionista por meio de uma administração eficiente da sua estrutura de capital, constituindo-se em uma nova opção de liquidez”, diz a empresa em comunicado ao mercado.

A empresa possui 102.341.086 ações preferenciais em circulação, e atualmente 161.822 delas são mantidas em tesouraria.

O limite de ações a serem adquiridas pelo plano é de 1.100.000 de ações preferenciais, representativas de aproximadamente 1,07% do total e até 0,06156% das ações em circulação. O prazo imposto no plano é de até 18 meses.

A aquisição será realizada mediante recursos próprios disponíveis nas contas de reservas de lucros da Schulz.

Banrisul (BRSR6) paga proventos no valor de R$ 105 milhões

O Banrisul (BRSR6) aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) referente ao terceiro trimestre de 2021, no valor total aproximado de R$ 105,112 milhões.

O valor bruto unitário será de R$ 0,25701429 por ação ordinária, de R$ 0,25701429 por ação preferencial A e de R$0,25701429 por ação preferencial B.

Serão beneficiados os acionistas da base de 3 de setembro de 2021, passando as ações a serem negociadas “ex-direito” aos juros intermediários a partir de 6 de setembro de 2021.

O pagamento ocorrerá em 28 de setembro de 2021 pelo valor líquido de R$ 0,21846215 por ação ordinária, R$ 0,21846215 por preferencial A e R$ 0,21846215 por preferencial B.

Os JCP não reclamados prescrevem em três anos.

Kora Saúde (KRSA3) conclui aquisição de hospital no Ceará

A Kora (KRSA3) comunicou que sua controlada, Camburi, concluiu a compra do Hospital São Mateus, localizado em Fortaleza, capital do Ceará.

A Camburi vai pagar R$ 92,100 milhões, sendo R$ 75 milhões à vista e R$ 17,100 milhões em até seis anos. O preço, porém, está sujeito a ajuste com base na variação do endividamento do hospital.

Esta é a segunda aquisição da Kora no Ceará, “um importante passo na ampliação da operação hospitalar da empresa no Nordeste”.

Randon (RAPT4) conclui aquisição da UPI Menfund

A Randon (RAPT3 RAPT4) concluiu as condições pendentes à arrematação, em leilão, da Unidade Produtiva Isolada Menfund –Menegotti Fundição (UPI Menfund).

Uma dessas condições foi a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

“Em decorrência, a partir do dia 1º de setembro de 2021, as operações e a gestão da UPI Menfund, passarão a integrar as Empresas Randon, em uma nova unidade controlada pela companhia, com a denominação de Castertech Schroeder Ltda., localizada no estado de Santa Catarina, na cidade de Schroeder”, salientou a empresa, em comunicado ao mercado.

SLC Agrícola (SLCE3)

A SLC Agrícola (SLCE3) comunicou hoje o resultado da avaliação de terras 2021.

As terras de propriedade da SLC foram avaliadas, pela consultoria independente Deloitte Touche Tohmatsu, em R$ 6,940 bilhões, ante R$ 3,962 bilhões, uma apreciação de 75,2% no portfólio, validando a tese de investimento em terras no Brasil.

O valor atual do hectare médio agricultável de propriedade da companhia corresponde a R$ 35,693 mil.