Crédito imobiliário da Caixa cresce 103,1% no primeiro trimestre em relação a 2020

Karin Barros
Colaborador do Torcedores

Crédito: Agência Brasil/Divulgação

A Caixa divulgou nesta quinta-feira (8), segundo a Broadcast, que as contratações de crédito imobiliário com recursos da poupança (SBPE) totalizaram R$ 16,1 bilhões no primeiro trimestre de 2021, crescimento de 103,1% em relação ao primeiro trimestre de 2020.

No mês de março, foram R$ 7,2 bilhões aplicados, 146,5% superior ao mês de março de 2020.

A carteira de crédito habitacional da Caixa alcançou o volume de mais de R$ 514,1 bilhões e 5,6 milhões de contratos em 2021.

Maior financiador do país

O banco segue como o maior financiador no País, com 68,5% do mercado.

“Esse resultado é fruto direto de ações dos últimos dois anos, que incluem as reduções de taxas, criação de produtos e implementação da jornada digital do financiamento”, afirma a empresa.

Até março de 2021, a Caixa atingiu um volume de concessão de crédito imobiliário de R$ 28,9 bilhões, crescimento de 35,7% em relação ao primeiro trimestre de 2020.

Pessoa jurídica

O banco celebrou 134,8 mil novos contratos, beneficiando mais de 485 mil brasileiros em 2021.

No segmento pessoa jurídica, o banco contratou a construção de 562 novos empreendimentos, número 48% superior ao mesmo trimestre de 2020.

São 68,9 mil novas unidades em produção, gerando 212,6 mil novos postos de trabalho diretos e indiretos.

Ao todo, a Caixa possui 7,3 mil empreendimentos e 940 mil unidades em obra.

Quatro modalidades de financiamento

Desde 1º de março, a Caixa oferece quatro modalidades de financiamento imobiliário com recursos da poupança.

Segundo o banco, a nova linha de crédito Poupança Caixa, em seu primeiro mês de lançamento, já ultrapassou a marca de 30% nas contratações diárias.