Covid-19: ANP aperta monitoramento da cadeia do GLP

Marcello Sigwalt
null

Crédito: Site Verdade Alagoas

A cadeia de fornecimento e de distribuição de gás de dozinha (GLP) sofrerá, a partir de agora, um monitoramento mais intenso por parte da Agência Nacional do Petróleo (ANP), anunciou, nessa sexta-feira (17) a autarquia, que pretende apresentar mapas sobre o abastecimento no país.

Interlocução

A nota da autarquia esclarece que o monitoramento do abastecimento consistirá “na análise dos dados de comercialização enviados diariamente pelos agentes de produção e de distribuição de combustíveis, além daqueles obtidos pela interlocução com o mercado”.

A decisão da agência é uma resposta ao aumento da demanda do produto, em razão da pandemia do coronavírus.

Atualização periódica

De acordo com a ANP, serão produzidos dois mapas, ambos com atualização periódica.

Dois mapas

O primeiro vai mostrar as entregas do produto pela Petrobras, enquanto o segundo vai exibir um comparativo de volume de vendas realizadas pelas distribuidoras este ano, em relação ao mesmo período em 2019.

Abastecimento é a meta

Sempre tendo em vista a manutenção do abastecimento, a ANP, diz a nota, “acompanha o comportamento do mercado e a logística de distribuição do produto”.