Coteminas (CTMN4) registra prejuízo de R$ 34,6 milhões no 3TRI20

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Divulgação/Coteminas

A Coteminas (CTMN4) apresentou seus resultados do terceiro trimestre de 2020, nesta segunda-feira (16).

O prejuízo foi de R$ 34,6 milhões no período ante um prejuízo de 64,1 milhões no terceiro trimestre de 2019.

Já o resultado financeiro foi uma despesa de R$ 53,1 milhões contra uma despesa de R$ 92,6 milhões no terceiro trimestre de 2019.

EmpreendedorismoTécnicas para Renda Fixa. Estratégias para proteção de investimentos.

Tudo isso hoje na MoneyWeek

De acordo com a empresa, o resultado foi impactado principalmente pelas variações cambiais de natureza não caixa.

O custo dos produtos vendidos (CPV) foi de R$ 295,8 milhões, com alta de 16,4% em relação ao mesmo período de 2019, representando 67,3% da receita líquida, ante 66,8% no ano anterior.

A Coteminas registrou um crescimento de 39,7% da receita sell-out, que somou R$ 207,3 milhões, e crescimento de 294,5% das vendas no e-commerce.

Ebitda

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 41,5 milhões. Um ano antes o Ebitda era de R$ 56,3 milhões.

Já a margem Ebitda atingiu 9,4%, baixa de 5,4 pontos percentuais.

Nos noves meses de 2020, o Ebitda somou R$ 70,5 milhões,ante um Ebitda de R$ 130,5 milhões no mesmo período do ano anterior.

Receita da Coteminas avança 15,6%

A receita líquida atingiu a cifra de R$ 439,8 milhões, um incremento de 15,6% na base anual.

Entre janeiro a setembro de 2020, a receita da Companhia acumulou R$ 1 bilhão, alta de 4,3% sobre o mesmo período do ano anterior.

A linha de Cama, Mesa e Banho e EPIs foi responsável por 55% da receita no período, e produtos intermediários por 17%.

Já a receita do Varejo contribuiu com 28% da receita total no trimestre, contra uma contribuição de 19% um ano atrás.

O lucro bruto avançou 14,1%, totalizando R$ 144 milhões.Enquanto a margem bruta ficou em 32,7%, alta de 0,4 pontos percentuais.

Dívida e Investimentos

A dívida líquida ajustada da Coteminas encerrou setembro em R$ 713,7 milhões.

A Companhia teve uma geração livre de caixa de R$ 21,7 milhões.

Os investimentos de capital somaram R$ 12,5 milhões no trimestre.

“Reduzimos os investimentos de capital para preservar o caixa da Companhia, diante das incertezas relativas à pandemia do Covid-19”, destacou a Coteminas.

Destaques da Coteminas

Leia Mais:

Dividendos: confira as ações mais recomendadas para novembro