Cosan (CSAN3) vê lucro saltar 14 vezes no 3TRI21

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

A Cosan (CSAN3) registrou um salto de 14 vezes no terceiro trimestre de 2021 (3TRI21).

O lucro líquido subiu de R$ 222,9 milhões para R$ 3,26 bilhões.

Este foi o maior resultado líquido da história da empresa e foi impactado pelos ganhos líquidos sobre os efeitos do IPO da Raízen S.A. e da incorporação da Biosev.

O lucro líquido ajustado da Cosan alcançou R$ 531 milhões no 3T21 (+7%) versus 3T20, reflexo principalmente da melhor performance operacional da Raízen, impulsionada pelo segmento de Renováveis, e da Compass, evidenciando a retomada da atividade econômica.

“Estes efeitos foram parcialmente compensados pelo cenário mais desafiador enfrentado pela Rumo, em decorrência da quebra de safra do milho, e pelo aumento nas despesas financeiras no trimestre”, afirma a empresa.

Veja aqui o balanço do 3TRI21.

Cosan (CSAN3): principais números do balanço do 3TRI21

Lucro líquido

  • Lucro 3TRI21: R$ 3,26 bilhões
  • Lucro 3TRI20: R$ 222,9 milhões

Ebitda ajustado

  • Ebitda 3TRI21: R$ 3,44 bilhões
  • Ebitda 3TRI20: R$ 3,22 bilhões

Receita líquida

  • Receita 3TRI21: R$ 31,0 bilhões
  • Receita 3TRI20: R$ 19,5 bilhões

Ebitda e receita crescem no 3TRI21

O Ebitda ajustado Cosan (CSAN3) subiu 6,7% na comparação anual. Assim, subiu de R$ 3,22 bilhões para R$ 3,44 bilhões.

O resultado foi impulsionado pela expansão dos resultados operacionais, refletindo a retomada da atividade econômica.

A receita líquida da Cosan (CSAN3) aumentou 59% do 3TRI20 para 3TRI21. Passou de R$ 19,5 bilhões para R$ 31 bilhões.