Coronavírus: casos nos EUA ultrapassam os da China; mundo tem 500 mil infectados

Jéssica De Paula Alves
Jornalista e produtora de conteúdo
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O número de infectados pelo novo coronavírus nos EUA ultrapassou o da China nesta quinta (26), informou o jornal O Globo.

Números oficiais da Organização Mundial de Saúde (OMS) ainda não haviam sido divulgados. Mas sites de monitoramento em tempo real do Covid-19 mostram os Estados Unidos com 81.896 casos confirmados.

O país é o mais afetado hoje pela pandemia, à frente da Itália e da China.

A China conta 81,285 diagnosticados. A Itália tem 80.589.

Mais de 13 mil casos em um dia

O site da Universidade John Hopkins apontou esse crescimento dos EUA:  em apenas um dia, os EUA registraram mais 13.685 casos novos de Covid-19.

Das 1.176 mortes por Covid-19, 149 ocorreram nas últimas 24 horas.

Meio milhão de pessoas infectadas pela Covid-19 no mundo

Esta quinta foi marcada por outro dado que assusta: mais de 500 mil pessoas já foram infectadas pela doença no mundo.

Até as 15h desta quinta-feira (horário de Brasília), o número já havia chegado a 510 mil, de acordo com o banco de dados sobre pandemia da Universidade John Hopkins.

O aumento do número de casos era esperado por dois motivos.

Primeiro, porque os EUA, com grande atraso, finalmente testes em massa. Mas não é só.

A situação dos EUA preocupa mais porque o país, além do número de casos, tem vários focos importantes de dispersão do novo coronavírus.

Esse quadro difere do cenário da pandemia na China e Itália, com menos pontos específicos.

Aceleração

A OMS apresenta um balanço dos casos a cada marca de 100 mil. Desta vez fez um alerta: a pandemia acelerou muito nesta semana, informou o G1.

Ainda de acordo com os dados da universidade, 22.993 pessoas morreram por causa da doença.

A Itália é o país com maior número de óbitos – mais de 8 mil. Na sequência vêm Espanha, China, Irã e França.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374