Coronavírus faz FMI e Banco Mundial marcarem “reunião virtual” para abril

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: Divulgação

A epidemia de Covid-19, causada pelo coronavírus, fez o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial reverem seus próximos passos.

Segundo a Agência Reuters, os dois órgãos emitiram um comunicado único, no qual confirmaram que a reunião marcada para o mês de abril será feita de forma virtual.

“Dada a crescente preocupação de saúde relacionada com o vírus, as direções do FMI e do BM, assim como os respectivos diretórios executivos, entraram em acordo para implantar um plano conjunto para adaptar a ‘Assembleia de Primavera’ para um formato virtual”, diz a nota conjunta.

Abra agora sua conta na EQI Investimentos e tenha acesso a opções de investimentos de acordo com seu perfil. Invista em suas Escolhas

Kristalina Giorgieva, diretora do FMI, e David Malpass, representante do Banco Mundial, devem comandar o “encontro”, ainda sem data revelada.

Coronavírus: testes da vacina em humanos podem começar em agosto

Rio tem 17 casos suspeitos de coronavírus