Coronavírus: número de infectados no mundo passa de 2 milhões

Marcelo Hailer Sanchez
Jornalista, Doutor em Ciências Sociais (PUC-SP) e Mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP). Pesquisador em Inanna (NIP-PUC-SP). Trabalhei nas redações do Mix Brasil, Revista Junior, Revista A Capa e Revista Fórum. Também tenho trabalhos publicados no Observatório da Imprensa e revista Caros Amigos. Sou co-autor do livro "O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente" (AnnaBlume).

Dois milhões de infectados

De acordo com a universidade Johns Hopkins (EUA) que acompanha em tempo real o avanço da epidemia no mundo tudo, o número de pessoas infectadas pelo coronavírus passo de 2 milhões.

Ainda segunda o relatório da universidade, que é uma das mais respeitadas do mundo em saúde, até este momento mais de 128 mil pessoas já morreram em decorrência da Covid-19. Por outro lado, mais de 500 mil pessoas já se curaram do novo vírus.

Alemanha decide estender política de isolamento

O governo da Alemanha anunciou que vai estender até o dia 3 maio as políticas de isolamento. O objetivo do governo é controlar a disseminação do coronavírus no país.

Nesta quarta-feira (15), a chanceler Angela Merkel vai realizar uma videoconferência com o todos os ministros e, no período da tarde, com os governadores dos 16 estados alemães para discutir se avançam nas políticas de restrição de locomoção dentro do território alemão ou se afrouxam as regras adotadas até este momento.

Dados do Ministério da Saúde da Alemanha indicam o número de novos contágios está caindo constantemente.

“Vacina contra o coronavírus é um esforço global”

O presidente do Instituto Federal de Vacinas e Biomedicina da Alemanha, órgão ligado ao Ministério da Saúde da Alemanha, disse à CNBC que a corrida para o desenvolvimento de uma vacina contra o coronavírus deve ser um “esforço de colaboração e cooperação”.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma vacina contra o coronavírus deve levar entre 12 e 18 meses para estar disponível às pessoas. A instituição também informa que há, neste momento, 70 estudos em desenvolvimento. Porém, antes mesmo de ficar pronta, uma polêmica já ronda em torno da vacina: qual país deve receber prioridade quando a medicação certa foi encontrada?

Suspensão de contribuição dos EUA à OMS preocupa China

O porta-voz do Ministério das Relações exteriores da China, Zhao Lijian, declarou que o governo da China “está profundamente preocupado” com a suspensão da contribuição dos EUA à OMS. De acordo com Lijian, “esta decisão reduzirá a capacidade da OMS e prejudicará a cooperação internacional contra a epidemia”, reforçou o porta-voz à imprensa.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

O presidente dos EUA, Donald Trump, confirmou ontem (14) que vai suspender a contribuição de seu país à OMS. O motivo alegado por Trump é que, a organização, em um alinhamento político com a China, escondeu a gravidade do coronavírus.

Dinamarca inicia reabertura das escolas

As escolas da Dinamarca voltam a funcionar a partir desta quarta-feira (15), depois de um mês fechadas por conta da pandemia. A decisão do governo dinamarquês foi criticada por pais de alunos que lançaram uma petição cujo título é “Meu filho não é um porquinho da Índia”, informa o Estadão.

Até este momento, a Dinamarca tem 6,7 mil casos confirmados e 299 mortes causadas pela Covid-19.

Brasil

De acordo com último relatório do Ministério da Saúde, o Brasil possui 25.262 casos confirmados e 1.532 mortes.