Coronavírus: Alemanha apresenta plano para abandonar medidas de bloqueio

Marcelo Hailer Sanchez
Jornalista, Doutor em Ciências Sociais (PUC-SP) e Mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP). Pesquisador em Inanna (NIP-PUC-SP). Trabalhei nas redações do Mix Brasil, Revista Junior, Revista A Capa e Revista Fórum. Também tenho trabalhos publicados no Observatório da Imprensa e revista Caros Amigos. Sou co-autor do livro "O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente" (AnnaBlume).
1

Crédito: Michael Panse/Creative Commons

No mundo

De acordo com a última atualização da Organização Mundial da Saúde (OMS), há mais de dois milhões de pessoas infectadas pelo coronavírus e mais de 173 mil mortes.

Alemanha apresenta plano para abandonar medidas de bloqueio

O governo da Alemanha apresentou um plano para suspender, cautelosamente, as medidas de bloqueios impostas como forma de conter a expansão do coronavírus. No projeto divulgado pela chanceler Angela Merkel, pequenas lojas (com menos de 800 metros quadrados) poderão reabrir a parir da próxima segunda-feira (20).

Todos os estabelecimentos que tiverem permissão para reabrir terão que adotar medidas rígidas de higiene e distanciamento social. Além dos pequenos comércios, poderão reabrir as concessionárias, lojas de bicicletas e livrarias. Também ficou acertado que, as escolas voltam a funcionar a partir do dia 4 de maio, uma segunda-feira.

Eventos ou encontros com grandes públicos permanecem proibidos até o dia 31 de agosto. Caso as medidas surtam efeito, o governo pode liberar a retomada do funcionamento de restaurantes, bares e cafés.

OMS: próximas semanas na Europa serão críticas

A Organização Mundial da Saúde (OMS), a parir de sua regional europeia, afirmou que as próximas semanas devem ser “críticas” no território europeu. Isso, porque os casos confirmados de coronavírus devem alcançar a ordem de um 1 milhão.

Em entrevista à Reuters, Hans Kluge, da OMS, disse que o número de total de infectados na Europa (próximo do 1 milhão) significa que, 50% da carga global da Covid-19 está na Europa. Até este momento, foram registradas mais de 84 mil mortes no Velho Continente.

“As nuvens de tempestade dessa pandemia ainda pairam pesadamente sobre a região europeia e não há caminho rápido de volta ao normal”, declarou o dirigente da OMS.

Reino Unido: “muito cedo para o fim do bloqueio”

O Ministro da Saúde do Reino Unido, Matt Kancock, disse à Reuters que ainda é “muito cedo” para falar em fim das medidas de bloqueio, mesmo que o surto esteja alcançando o pico.

De acordo com o ministro, se as medidas de bloqueio forem suspensas, existe o risco de o vírus voltar a circular com força pelo território do Reino Unido. Nas últimas horas foram confirmados 4.605 novos casos, o que dá um total de 98.476 de pessoas contaminadas pelo coronavírus. Até este momento, morreram 12.868 por conta da Covid-19.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Brasil

Em sua última coletiva, o Ministério da Saúde revelou que no Brasil há 28.320 casos confirmados e 1.736 mortes.

Pesquisa na cidade de São Paulo mapeará coronavírus em bairros

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) vão iniciar um projeto-piloto para descobrir quantas pessoas já estão imunes ao coronavírus na região da capital paulista, informa o Estadão.

O objetivo do projeto-piloto é fazer uma fotografia do atual cenário do coronavírus e, para tanto, será necessário refazer o estudo a cada duas ou três semanas.