Coronavírus: 700 mil infectados nos EUA e mais de 20 mil mortos na Espanha

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: Reprodução/JHU

Os números atualizados do coronavírus no mundo apontaram duas marcas assustadoras para quem insiste em diminuir os perigos da pandemia.

De acordo com o painel online da Johns Hopkins University, a Covid-19 já atingiu 2.265.727 pessoas em todo o planeta, sendo 706.779 somente nos Estados Unidos.

A Espanha, com 191.726 infectados, segue na segunda posição na tabela de países mais atingidos pela doença, com Itália (172.434), França (149.232) e Alemanha (141.483) na sequência.

Espanha de luto

Os espanhóis, que só perdem para os norte-americanos em número de casos, chegaram neste sábado a um número impressionante de óbitos causados pelo coronavírus.

De acordo com a Johns Hopkins University, o país europeu alcançou 20.043 óbitos pela Covid-19 e “colou” na Itália, que ainda permanece como segundo país com mais óbitos por coronavírus: 22.745.

Os Estados Unidos, que lideram a tabela mundial de casos, também são o país com maior número de mortos, e já perderam 37.086 vidas para a pandemia.

O número total de óbitos no mundo chegou, neste sábado, a 156.064.

Recuperados

O balanço da Johns Hopkins University também dá acesso às informações sobre o número de pacientes recuperados da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

De acordo com o painel, já são 578.220 pacientes que se livraram da doença, a maior parte deles na Alemanha: 85.400.

A China, com 77.614 pacientes recuperados, e a Espanha, com 74.797, vem na segunda e terceira colocações, respectivamente, acendendo uma luz de esperança para o restante do planeta.

Nos Estados Unidos, 59.672 pacientes também conseguiram deixar o coronavírus para trás e retomar, em parte, a vida que tinham antes da pandemia.

Coronavírus no Brasil

O Ministério da Saúde anunciou na sexta-feira (17) os piores números no Brasil desde que o início da crise do novo coronavírus: são mais 3.257 casos confirmados, o maior número em um só dia.

Isso representa um aumento de 10,7%, num total de 33.682 infectados. O país tem mais 217 mortos por Covid-19, o maior número em um só dia, aumento de 11,2%. São agora 2.141 falecimentos causados pelo vírus.

A taxa de mortalidade também continua aumentando. Hoje, está em 6,36%. A porcentagem mundial é de 6,84%.

Há uma semana, a taxa de mortalidade no Brasil estava em 5,38% e o número de mortos era de 1.057 (houve um aumento de 102,55%). O de infectados estava em 19.638 (crescimento de 41,69%).

Trump afirma que Estados possuem testes para começar a “abrir” os EUA