Coreia do Norte lança míssil não identificado e acende sinal de alerta no Japão

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.

Crédito: Jonathan Ernst/Reuters

A Coreia do Norte resolveu desafiar os Estados Unidos a aceitarem uma nova rodada de negociações envolvendo o programa nuclear dos dois países.

Segundo informações do Estado-Maior do exército sul-coreano divulgadas nesta quinta-feira (28), Pyongyang realizou o lançamento de ao menos um míssil a partir da costa leste da Coreia do Norte.

Apesar de não identificado, o projétil teria sido lançado pelo país, pois acendeu o sinal de alerta no Japão, que se sentiu ameaçado.

Shinzo Abe, primeiro-ministro japonês, declarou que a atitude dos norte-coreanos são uma ameaça não só ao seu país, mas à comunidade internacional e aos aliados, como Coreia do Sul e Estados Unidos.

“Aumentaremos nossa vigilância para preservar a segurança e os bens do povo japonês”, prometeu, sem detalhar seus planos.

A última atitude semelhante tomada pelo país comandado por Kim Jong-un havia sido em 31 de outubro, quando a Coreia do Norte fez o lançamento de um foguete.

As negociações da questão nuclear estão paradas desde o início do ano, pois, segundo Donald Trump, a Coreia do Norte exigia o fim de todas as sanções impostas ao seu país, algo que o presidente norte-americano não concordou.