Copel (CPLE6) aprova a distribuição de JCP no valor de R$ 283,1 milhões

Victor Meira
Com formação em Ciências Sociais e Jornalismo, experiência em redação nas editorias de esportes, empregos, concursos, economia e política.

Crédito: Divulgação

Nesta quarta-feira (08), a Copel (CPLE6) aprovou o pagamento de Juros sobre o Próprio Capital (JCP) com um valor total de R$ 283,1 milhões, sendo R$ R$ 0,0974 por ação ON; R$ 0,1072 por ação PNA e PNB e R$ 0,5264 por ação Unit.

Para ter direito ao JCP, o acionista deve ter a posse da ação até o dia 30 de dezembro. Em que os ativos adquiridos após 03 de janeiro já serão considerados ex-proventos. Entretanto, a empresa paranaense ainda não definiu a data para o pagamento do recurso. 

Copel (CPLE6) estima CAPEX de R$ 2,1 bilhões

Além do anúncio sobre o pagamento de JCP, a Copel estima um Capex, despesas ou investimento em bens de capital, de R$ 2,1 bilhões em 2022. Mais da metade dos recursos são originários da distribuição de energia, com um valor de R$ 1,6 bilhão. 

Outro destaque da Capex é em relação a geração e transmissão da Copel, que tem um valor previsto de R$ 406 milhões, sendo R$ 237 milhões para geração e R$ 87,5 milhões em transmissão. 

De acordo com a Copel, a maior parte dos investimentos previstos para 2022 são destinados para o aprimoramento da eficiência operacional. Além disso, a companhia terá uma redução de custos por meio do avanço de importantes projetos, destacando-se a continuidade da execução dos programas Paraná Trifásico e Smart Grid já iniciados em 2021.

Engie (EGIE3) assina contrato de financiamento junto ao BNDES no valor de R$ 1,473 bi

A Engie (EGIE3) divulgou a assinatura de contrato junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) para fazer um financiamento, com o valor de R$ 1,473 bilhões, para implementar o Conjunto Eólico Santo Agostinho – Fase I “Santo Agostinho”.

Santo Agostinho está sendo implantado nas cidades de Lajes e Pedro Avelino, no Rio Grande do Norte, tendo sido viabilizado no Ambiente de Contratação Livre (ACL). O conjunto eólico contará com capacidade instalada de 434MW. 

O financiamento tem um prazo de amortização de 263 meses, que representa  cerca  de 64% dos investimentos a serem realizados no projeto. A entrada em operação completa está prevista para o início de 2023.

“Neste momento, o crescimento da geração de energia elétrica, especialmente de fontes renováveis, é fundamental para o futuro do Brasil. A viabilização desse financiamento é fruto de um trabalho conjunto e demonstra o comprometimento da Engie e do BNDES com o desenvolvimento do país, de forma responsável e considerando a importância da transição energética para as pessoas e o meio ambiente”, comenta o diretor-presidente e de relações com investidores da Engie, Eduardo Sattamini.

Eletrobras (ELET3;ELET6) informa data de audiência pública sobre processo de privatização

Avança mais uma etapa para o processo de privatização da Eletrobras (ELET3;ELET6). O presidente da estatal, Rodrigo Limp, agendou uma Audiência Pública do Processo de Desestatização para o dia 22 de dezembro. 

A audiência tem o objetivo de atualizar as movimentações internas para realizar a privatização da empresa de energia. 

Vale destacar que o BNDES foi contratado para fazer estudos para agilizar da melhor forma possível a desestatização. 

Equatorial (EQTL3) conclui a aquisição da participação acionária restante na Solenergias 

A Equatorial (EQTL3) concluiu a aquisição da participação acionária da Solenergias e da Helios por meio da sua subsidiária, a Equatorial Serviços. A empresa realizou o pagamento de R$ 42,2 milhões para a Quasar Consultoria.

Segundo a companhia, a operação faz parte da estratégia de crescimento da empresa. Ademais, isso permite uma maior flexibilidade e geração de valor com o aumento da gama de produtos soluções de energia para o mercado. 

Athena Saúde (ATEA3) informa incorporação da Giardino Participações

A Athena Saúde (ATEA3) anunciou que a Assembleia Geral Extraordinária aprovou a incorporação da Giardino Participações. Com isso, a empresa destaca que houve um aumento no montante de capital de R$ 2,1 milhão.

Com a incorporação, a companhia absorveu todo o patrimônio da Giardino e passou a suceder todos os direitos e obrigações da incorporada.

Brisanet (BRIT3) divulga dados operacionais de novembro

Ainda nesta quarta, a Brisanet (BRIT3) divulgou os dados operacionais de novembro. A empresa registrou um aumento de 18,3 mil novos clientes no mês passado, um pouco abaixo do número previsto. Contudo, em 2021, a companhia registrou um crescimento de 32% de novos clientes no Nordeste, com mais de 824 mil novos assinantes.

Mesmo com números interessantes, a Brisanet aponta, em seu relatório, que a economia brasileira, em um cenário de recessão e inflação, impactou negativamente os resultados de 2021. Uma vez que o público-alvo da companhia são os consumidores das classes C, D e E que são os afetados pela crise econômica.