Copel (CPLE3) tem aumento de 3,3% no volume de energia vendida no 4TRI

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

A Copel (CPLE3) registrou aumento de 3,3% no volume de energia vendida no 4TRI20, na base anual. O valor leva em conta o mercado fio (TUSD), composto pelo mercado cativo, pelo suprimento a concessionárias e permissionárias do Paraná e pela totalidade dos consumidores livres.

O total de energia vendida subiu de 7.763 GWh (4TRI19) para 8.019 GWh (4TRI20). No comparativo entre 2020 e 2019, a alta foi 1,8%.

Segundo a Copel, o resultado decorre, principalmente, do crescimento de 11,1% no consumo no mercado livre. Influenciado pelo bom desempenho da produção industrial do Paraná, que avançou 4,8% no mês de outubro e 14% em novembro.

Os setores que mais contribuíram para o aumento do consumo de energia foram os de fabricação de produtos alimentícios e fabricação de produtos de borracha e de material  plástico. Essa variação foi parcialmente compensada pela queda de 0,7% no consumo do mercado cativo, devido a elevada base de comparação verificada no ano anterior, quando as temperaturas médias registraram valores mais altos.

Já o número de consumidores livres cresceu 0,2% de um ano para o outro. Mas o número de concessionárias e permissionárias cresceu 3,1%.

Enjoei (ENJU3) comunica alteração acionária

A Enjoei (ENJU3) informou que recebeu correspondência da SPX Equities Gestão de Recursos Ltda. comunicando  alteração acionária.

Os fundos de investimento por ela geridos reduziram participação para 4,97% das ações ordinárias emitidas pelo Enjoei.

Movida (MOVI3) precifica emissão de títulos de US$ 500 milhões

A Movida (MOVI3) vai emitir o primeiro Sustainability Linked Bond do setor de aluguel de carros no mundo e precificou a operação de US$ 500 milhões.

Os títulos de dívida serão remunerados à taxa de 5,25%, com vencimento em 8 de fevereiro de 2031.

A liquidação das notes está prevista para 8 de fevereiro de 2021.

Os recursos devem ser usados para fins corporativos em geral, despesas de capital, e refinanciamento da dívida existente.

Minupar (MNPR3) tem deferido o pedido de OPA para fechamento de capital

A Minupar (MNPR3) divulgou nesta quinta-feira o deferimento do registro da OPA (Oferta Pública de Aquisições de Ações) para cancelamento de registro da companhia.

São 3.386.982 ações ordinárias, com preço de R$ 5,64 cada.

O montante da operação é de R$ 19.102.578,58. O valor considera a aquisição de todas as ações, mas não eventuais atualizações ou ajustes no preço das ações.