Conselho do PPI sugere retirada da Eletropar do PND

Bruno de Oliveira
Jornalista e técnico em administração e negócios.
1

Crédito: Pixabay

O Conselho do Programa de Parcerias e Investimentos (CPPI) sugeriu a retirada da Eletrobras Participações (Eletropar) do Programa Nacional de Desestatização (PND). A resolução que trata da recomendação foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (26).

A Eletropar é controlada pela Eletrobras, considerada a maior geradora de energia elétrica do Brasil e que aguarda aprovação do Congresso Nacional para que seja capitalizada.

Um dos motivos considerados no documento para a sugestão dos conselheiros é a estratégia de reorganização da Eletrobras. Dessa forma, a reestruturação da estatal pode gerar impactos de gestão caso a Eletropar seja mantida no PND.

A deliberação sobre a recomendação cabe ao presidente Jair Bolsonaro.

Leia também:

Eletrobras (ELET3, ELET6) conclui recompra de 64,2% da dívida do exteior