Conheça Greg Abel, o sucessor de Warren Buffett na Berkshire Hathaway

Carla Carvalho
Graduada em Ciências Contábeis pela UFRGS, pós-graduada em Finanças pela UNISINOS/RS. Experiência de 17 anos no mercado financeiro, produtora de conteúdo de finanças e economia.

O encontro anual da Berkshire Hathaway, realizado sempre no início de maio, contou com um novo atrativo em 2021. Durante a conferência, foi anunciado o nome de Greg Abel como provável CEO da companhia no lugar de Buffett, atualmente com 90 anos.

Isso não quer dizer que Warren Buffett já esteja afastado dos negócios. Até porque o megainvestidor nunca falou publicamente sobre qualquer possibilidade de renúncia da presidência. No entanto, segundo o próprio, o nome de Greg Abel já é consenso entre os outros membros da administração quando isso vier a ser necessário. Nas palavras de Buffett, “os diretores concordam que, se algo acontecesse comigo, seria Greg quem assumiria prontamente o meu lugar”.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Mesmo antes do encontro anual da holding, o nome de Greg Abel já vinha sendo considerado um dos mais fortes para a sucessão do megainvestidor. A seguir, saiba mais sobre a origem e histórico do VP da Berkshire Hathaway.

Quem é Greg Abel

Gregory Edward Abel nasceu em 1961 em Edmonton, Alberta, no Canadá.

Formou-se em Contabilidade pela University of Alberta e, logo após, foi trabalhar na empresa de auditoria PriceWhaterhouseCoopers. Lá permaneceu até 1992, ano em que foi contratado pela Call Energy, empresa produtora de energia.

Pouco tempo depois, o controle da Call Energy foi adquirido pela Berkshire Hathaway. Abel continuou a trabalhar na empresa e, em 2008, assumiu o cargo de CEO da companhia.

Em 2014, a companhia passou a se chamar Berkshire Hathaway Energy. Já em 2018, dez anos após ter assumido como CEO da empresa, Abel passa a ser vice-presidente da holding de Warren Buffett.

Atribui-se a Greg a transformação da Berkshire Hathaway Energy em uma importante empresa de eletricidade dos Estados Unidos.

Sucessão de Warren Buffett

Além de Greg Abel, outro executivo que está na lista dos prováveis sucessores de Buffett é Ajit Jain, que está à frente do negócio de seguros da Berkshire Hathaway. Junto de Charles Munger, os dois são vice-presidentes da holding.

No entanto, Buffett deixa claro que a sua ideia não é dividir a presidência entre Abel e Jain. Ou seja, Ajit assumiria o posto somente se Greg Abel não pudesse fazê-lo.

Em declarações à imprensa, quando perguntado, Warren sempre destaca as qualidades de ambos os executivos. Para ele, “ambos são maravilhosos e aptos a assumirem o posto”. Por isso, a opinião do mercado é de que, possivelmente, a maior vantagem de Greg Abel sobre Jain seja os 10 anos de idade a menos que possui.

Em relação a outros cargos da Berkshire, o megainvestidor não alterou os seus planos. Nesse sentido, o seu filho, Houward Buffett permanece cotado para presidente não executivo. Além disso, os executivos Ted Weschler e Todd Combs são os nomes de Warren para a vice-presidência de investimentos.

Atualmente, a Bershire Hathaway é dona de algumas dezenas de empresas famosas no mundo inteiro, de diferentes segmentos. Entre elas estão Duracell, Geico, Burlington Northern Santa Fe Railway Company, e várias outras dos setores financeiro, industrial e de energia, por exemplo.

Você sabia que é possível investir na Berkshire Hathaway sem precisar ter conta lá fora? Acesse o link abaixo e conheça o BDR da empresa de Warren Buffett!

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3