Conheça erros que investidores iniciantes cometem na bolsa de valores

Humberto Maurício Pennacchia
null
1

Crédito: Pexels/Pixabay

Quando o céu está azul de brigadeiro, é fácil investir e obter lucros na bolsa de valores. Basta uma viradinha no tempo e a formação de nuvens carrancudas para começarem os problemas. Se isso acontece com investidores mais experientes, imagine então com aqueles que estão surfando nas águas agitadas da bolsa pela  primeira vez. Pensando nessa situação, elaboramos essa matéria que vai elencar os erros que os investidores iniciantes cometem na bolsa de valores.

O que é bolsa de valores?

Bolsa de Valores é um mercado onde acontecem compras e vendas de ações e títulos que são emitidos por empresas de capital aberto.

O que são ações?

As ações são pequenas partes que as empresas colocam a venda, em troca de recursos financeiros para que possam realizar investimentos em suas atividades. Os investidores, também conhecidos por acionistas, passam a ser donos da parte que adquirem. Para isso é que existe a bolsa de valores, local onde essas negociações acontecem.

Conheça erros que investidores iniciantes cometem na bolsa de valores:

a) Não tem uma estratégia definida de investimentos: 

Muitos investidores, principalmente os iniciantes, não têm qualquer estratégia para operar o mercado acionário. Por completo desconhecimento da importância desse procedimento, acabam abrindo mão desse balizador. Acabam seguindo o fluxo normal do mercado e não sabem a hora de começar ou terminar uma operação. Alguns iniciantes ficam modificando as operações em andamento o tempo todo. Embora seja importante fazer modificações para se adaptar à nova realidade, mudar o tempo todo de metodologia diminui as chances de conseguir um resultado eficiente.

b) Não tem o hábito de diversificar a carteira:

Jamais coloque todos os ovos na mesma cesta, se ela cair não sobrará nenhum para o omelete. Esse não é um cuidado usado apenas na culinária. É um conceito para ser usado em todas as situações da vida, principalmente na bolsa de valores. O investidor em bolsa fica viciado em uma ação. Como ela está dando bons resultados e é confortável o bastante para o seu perfil, ele foca seus recursos e esforços nela. Essa é uma falha, o grande problema é que isso aumenta os riscos devido à falta de diversificação. Em vez disso, deve-se diluir parte dos recursos entre outras ações, de modo a diminuir os possíveis riscos.

c) Ter excesso de confiança pode ser bem prejudicial:

Uma falha que os iniciantes cometem é o excesso de confiança. Principalmente após encarar uma boa sequência de resultados, o investidor pode se sentir excessivamente confiante. Essa falta de humildade faz com que decisões equivocadas sejam tomadas mais facilmente. Acreditando que não é necessário analisar os papéis com atenção porque seus resultados são bons, o indivíduo investe o dinheiro sem qualquer critério. Dependendo da situação, esse excesso de confiança leva o investidor a correr mais riscos do que a sua capacidade ou do que o necessário. Em tais casos, a perda de dinheiro é um dos efeitos dessa postura.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

d) Não buscam especialização na área onde estão atuando:

Investir em bolsa exige conhecimentos específicos sobre operações, prazos, riscos, resultados das empresas etc. Isso exige dedicação e esforço para que se conheça seu mecanismo. Além disso, é recomendado acompanhar as notícias do mercado, de modo a tornar as análises ainda mais assertivas e adequadas. Porém, o que muitas vezes acontece é que quem começa nesse mundo decide dar seus primeiros passos sem qualquer tipo de conhecimento prévio. Isso acaba fazendo com que tudo se transforme em um processo de tentativa e erro que pode custar caro.

e) Não sabem o momento de tomar decisões importantes:

Quem investe no mercado acionário deve estar ligado com o timing das ações. Quem não sabe o momento de tomar decisões, pode cometer erros ao agir de maneira precipitada ou atrasada. Muitas vezes, isso significa a perda de oportunidades que não serão vistas novamente.